Cristãos ganham direito de fazer cultos na Arábia Saudita

A permissão é uma das medidas do príncipe herdeiro, que busca mais tolerância

Pleno.News - 06/06/2018 12h37

Cristão recebem permissão para proferir a fé na Arábia Saudita Foto: Pixabay

O príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed Bin Salman, garantiu que a permissão dada para a construção de igrejas cristãs no país será cumprida. O anúncio da liberação foi feito no dia 2 de maio pelo jornal egípcio Egypt Independent.

Cristãos residentes no país podem realizar cultos nas igrejas. A iniciativa foi do próprio herdeiro ao trono, que busca um país moderado e mais tolerante. O Vaticano não confirmou ter feito acordo com o governo saudita, mesmo assim, há uma crescente aproximação entre as duas nações.

Entre os dias 13 e 20 de abril, o Presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, Cardeal Jean Louis Tauran, fez uma visita histórica ao país muçulmano. Isso demonstrou a maior tolerância dos árabes com a fé cristã.

Outras medidas reformistas estão sendo tomadas no país para além da religião, como o direito de dirigir para mulheres.

LEIA TAMBÉM+ Mulheres ganham o direito de dirigir na Arábia Saudita
+ Veja os 10 mais poderosos do mundo, segundo a Forbes
+ Espionar celular do cônjuge vira crime na Arábia Saudita