Cristãos chineses evangelizam no epicentro do coronavírus

Vídeo mostra grupo distribuindo máscaras de proteção e folhetos sobre Deus

Ana Luiza Menezes - 12/02/2020 00h20

China: Cristãos fazem evangelismo no epicentro do coronavírus Foto: Reprodução/CBN News

No epicentro do surto de coronavírus, em Wuhan, China, cristãos desenvolveram uma estratégia de evangelismo. Eles doam máscaras e também distribuem folhetos com conteúdo bíblico.

Segundo o site americano CBN News, os evangelistas tomam o cuidado de usar máscaras durante a ação nas ruas.

– Eles distribuem máscaras, dizem que são cristãos e compartilham o amor de Cristo, falando sobre Jesus para levar esperança. Isso é realmente um avanço – disse a correspondente da CBN News na Ásia, Lucille Talusan.

Estima-se que existem 100 milhões de cristãos na China, que muitas vezes enfrentam perseguição na nação comunista. Porém, Talusan explicou que, como o povo de Wuhan está enfrentando um momento delicado, algumas pessoas se tornaram mais receptivas ao evangelho.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que o número total de mortes pelo novo coronavírus na China chegou a 1.017. O país já registrou mais de 43 mil casos confirmados.

LEIA TAMBÉM+ Brasileiros que vieram da China não têm coronavírus
+ OMS batiza doença provocada por coronavírus: Covid-19
+ China: Wuhan coloca todos os condomínios em quarentena
+ Coronavírus: Japão liberará saída de idosos de cruzeiro
+ Mortes por novo coronavírus na China passam de mil


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo