Leia também:
X Ex-ateu afirma que foi salvo por Deus ao tentar suicídio

Bretas critica fala de babalaô que citou igrejas cristãs

"Referência é absolutamente indevida", disse magistrado

Jade Nunes - 16/07/2019 10h16 | atualizado em 16/07/2019 11h32

Juiz Marcelo Bretas Foto: Agência Brasil/Fernando Frazão

O juiz federal Marcelo Bretas criticou uma fala do babalorixá Ivanir dos Santos em que ele cita igrejas cristãs e sinagogas em um caso de intolerância contra um terreiro de candomblé. A declaração de Ivanir dos Santos foi dada a um jornal da Rede Globo.

– Devem ser respeitadas as liberdades individuais, assim como o livre arbítrio religioso. Contudo, a referência feita na reportagem a igrejas cristãs ou sinagogas é absolutamente indevida e lamentável – escreveu o magistrado no Twitter.

Traficantes atacaram um terreiro de candomblé localizado no bairro Parque Paulista, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na última quarta-feira (11). O babalorixá afirmou que “se fosse em uma sinagoga ou uma igreja cristã a atitude do Estado seria outra totalmente diferente”.

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.