Leia também:
X 2ª temporada de “The Chosen” estreia no domingo de Páscoa

Bismarchi desiste de Carnaval e torna-se doutora em Teologia

"Nenhuma fantasia caríssima que já usei me emocionou tanto como a beca de formatura", disse

Thamirys Andrade - 22/03/2021 10h44 | atualizado em 22/03/2021 10h56

Ângela Bismarchi concluiu tese sobre O Poder do Evangelho na Recuperação dos Desigrejados Foto: Divulgação

A ex-modelo Ângela Bismarchi acaba de realizar o sonho de conquistar o doutorado em Teologia. Sua tese O Poder do Evangelho na Recuperação dos Desigrejados foi concluída pela Facit, de Itaboraí (RJ), e, já no próximo dia 27, a artista se formará em uma cerimônia virtual.

Ex-musa do Carnaval, Ângela conta que prefere o traje de formanda à qualquer fantasia que já usou nos desfiles.

– Estou muito feliz. Nada me deixou tão emocionada como a minha beca de formatura. Nenhuma fantasia de Carnaval caríssima que já usei me emocionou tanto como essa vestimenta simples, porém de uma importância enorme para mim. Sinto que estou no caminho certo e pronta para passar meu conhecimento adiante – disse ela, em entrevista à Revista Quem.

Hoje evangélica, Bismarchi deixou o passado para trás e busca cultivar novos hábitos.

– Olho no espelho e não me reconheço mais. Não consigo enxergar aquela Ângela que posava nua e exibia o corpo publicamente. […] Tudo que expõe minha imagem não faço mais. Não saio mais no Carnaval. Não faço mais fotos me expondo de biquíni e lingerie. É uma mudança de mente e que vai para o coração. Não tenho vontade [de fazer] e não sinto mais prazer nessas coisas – revela.

Contudo, Bismarchi ressalta que continua cuidando da saúde e de sua aparência a fim de agradar o seu marido, o cirurgião plástico Wagner de Moraes. Mesmo assim, ela frisa que o que mais importa é sua beleza interior.

– Também não vou me descuidar, porque tenho um marido. Tenho que me cuidar para ele. Tenho que deixar minha pele bonita, um cabelo bonito. Continuo treinando duas horas por dia. Tenho [uma] alimentação saudável. Seu eu quiser fazer uma intervenção estética, vou fazer. Não como antigamente porque, quando [eu] estava na mídia, era muita competição. É impossível ser perfeita. Agora, estou cuidando mais da minha beleza interior.

Assim como Ângela, Wagner é formado em teologia, e ambos não descartam a possibilidade de tornarem-se pastores um dia, mas não agora. Em sua tese, Bismarchi destaca sua preocupação com cristãos decepcionados com suas antigas igrejas e que hoje estão fora dos templos.

– Cerca de 8% da população está desigrejada. As igrejas estão muito doentes. A gente fala sobre anorexia espiritual, a magreza que as igrejas estão passando. Os evangélicos são tão mal quistos porque tantas coisas estão acontecendo erradas dentro das igrejas. Por isso, virei doutora em ministério. […] Acho que é meu dom, porque gosto muito. Posso ensinar outras pessoas e pastores a levarem a Palavra de Deus. Se eu receber o chamado de Deus, serei pastora. Mas, agora, quero passar meu conhecimento adiante.

Leia também1 Covid: Médicos e famílias de pacientes oram em hospital
2 Covid: Enfermeira cristã relata a luta entre a fé e o prognóstico
3 Analfabeto se torna evangelista após ganhar Bíblia em áudio
4 Justin Bieber faz reflexão sobre a vida e diz: 'Deus está no controle'
5 "Sou uma nova mulher em Cristo", destaca Mariana Paes

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.