Leia também:
X Parreira promete ajuda às Ginastas do Futuro

Tifanny pode ser convocada para seleção brasileira de vôlei

Zé Roberto aguarda resolução da Federação Internacional de Vôlei sobre participação de trans

Gabriela Doria - 13/04/2018 20h38 | atualizado em 14/04/2018 10h02

Tifanny Abreu se tornou a maior pontuadora da Superliga feminina Foto: Vôlei Bauru/Neide Carlos

Por enquanto, o técnico José Roberto Guimarães deixou a oposta Tifanny de fora da lista inicial de convocadas da seleção brasileira feminina de vôlei, que vai disputar a Liga das Nações a partir do próximo mês.

No entanto, ele só aguarda a resolução da Federação Internacional de Vôlei (FIVB), que emitiu comunicado oficial dizendo que iria rever as regras para a participação de atletas trans em competições internacionais. Inicialmente, a intenção de Zé Roberto era dar uma chance à jogadora do Sesi Vôlei Bauru.

Em janeiro deste ano, contrariando o desejo de muitas jogadoras de vôlei, a FIVB ratificou a presença de atletas transgêneros em competições oficiais, após reunião médica realizada na cidade de Lausanne, na Suíça. No entanto, na época, avisou que estava ainda promovendo estudos mais aprofundados para uma decisão final sobre estes casos.

*Com informações da agência Estadão.

Leia também1 Criticada, Tifanny se filia ao MDB e pensa em se candidatar
2 Em meio a polêmicas, Tifanny renova contrato com o Bauru
3 Vôlei: Tifanny defende cota para jogadoras trans

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.