Leia também:
X Olimpíadas: Mayra Aguiar faz história e ganha bronze no Judô

Olimpíadas: Rebeca Andrade conquista a prata na ginástica

Atleta brasileira se tornou a primeira ginasta a conquistar uma medalha olímpica

Paulo Moura - 29/07/2021 10h32 | atualizado em 29/07/2021 10h54

Rebeca Andrade foi medalha de prata Foto: EFE/Alberto Estévez

Após uma ótima apresentação na manhã (noite, em Tóquio) desta quinta-feira (29), a brasileira Rebeca Andrade conquistou a prata e tornou-se a primeira ginasta do país a conseguir uma medalha olímpica no esporte que já consagrou nomes como Daiane dos Santos e Daniele Hypólito.

Competindo no individual geral, Rebeca começou a competição pelo salto, sua especialidade. Com um movimento limpo, ela brilhou e recebeu a maior nota, 15.300. Apesar de pisar na linha de aterrissagem e perder 0.1, a brasileira venceu no aparelho com um décimo a mais que Jade Carey, substituta de Simone Biles, que ficou na segunda colocação com 15.200.

Nas barras assimétricas, Rebeca não teve o mesmo sucesso que no exercício anterior. Mesmo executando movimentos que não foram feitos nas eliminatórias, ela ficou em quinto, dentre as seis participantes. A nota de 14.666 foi bem abaixo dos 15.300 da americana Sunisa Lee.

O terceiro aparelho foi a trave. Diferente das outras duas séries, ela não conseguiu cravar a saída e teve uma nota abaixo do esperado, 13.566. Até aquele momento, a brasileira garantia a medalha de bronze, atrás de Lee e da russa Vladislava Urazova. A comissão, porém, pediu revisão e conseguiu aumentar a nota para 13.666, garantindo a segunda colocação até aquele momento.

No último exercício, o solo, a brasileira fez uma performance com um alto nível de dificuldade, mas errou em dois momentos ao pisar fora do local de competição. Por conta disso, Rebeca teve um desconto de 0.4 e acabou somando 13.666, insuficiente para ultrapassar Sunisa Lee, que conquistou o ouro.

A brasileira voltará ao ginásio no próximo domingo (1°), às 5h, quando concorrerá na final do salto, e na segunda-feira (2), também às 5h, para competir na final do solo. Além dela, Flávia Saraiva também está classificada e disputará a final da trave de equilíbrio na terça-feira (3), às 5h.

Leia também1 Jornalista da Globo fuma ao vivo durante jornal na GloboNews
2 Bolsonaro nomeia Bruno Bianco como n° 2 do ministério de Onyx
3 Olimpíadas: Mayra Aguiar faz história e ganha bronze no Judô
4 STJ mantém prisão de filho de Flordelis que fraudou carta
5 Prefeito do interior de Goiás é preso por abusar de meninos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.