Leia também:
X Grã-Bretanha se junta a boicote diplomático aos Jogos de Inverno

Nadadora trans é criticada após quebrar recordes femininos

Lia Thomas competia nas competições masculinas, mas decidiu parar e retornou nas categorias de mulheres

Paulo Moura - 09/12/2021 13h38 | atualizado em 09/12/2021 13h54

Atleta trans virou alvo de críticas em provas de natação Fotos: Arquivo Pessoal // Reprodução/YouTube

Lia Thomas, integrante do time de natação da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, virou alvo de críticas nos últimos dias pelo fato de competir em modalidades femininas e quebrar vários recordes entre as mulheres. O imbróglio reside no fato de que Lia, cujo nome original era Will, já havia competido entre os homens antes de ingressar no esporte feminino.

Nascido Will Thomas, a atleta chegou a competir entre os homens por três anos, antes de ficar um ano sem competir e voltar a participar de eventos esportivos já entre as mulheres.

Entretanto, a performance apresentada por Lia no último final de semana, no Zippy Invitational, em Akron, no estado de Ohio, ganhou fortes críticas.

Na prova equivalente aos 200m livre aqui, do Brasil, por exemplo, Lia atingiu o tempo de 1m41s93, sete segundos à frente da segunda colocada, considerados uma “eternidade” na categoria em questão.

Já nos 1500m livres, a vantagem foi ainda maior e passou de meio minuto para a segunda colocada. Com o tempo de 15m59s71, Thomas conseguiu ser 38 segundos mais veloz que a segunda colocada.

Nas redes sociais, o resultado foi alvo de críticas, e os internautas consideraram a diferença de desempenho uma vantagem desleal com as mulheres.

Leia também1 CPI pede que Moraes reconsidere quebra de sigilo de Bolsonaro
2 Sarah Poncio terá que devolver filho adotado para mãe biológica
3 Bolsonaro: 'Imagina a pandemia com Haddad no meu lugar'
4 Deputado põe cão na tribuna e discursa na Câmara Legislativa
5 Nunes quer julgar linguagem neutra no plenário físico do STF

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.