Leia também:
X Após prisão de Alves e morte da mãe, esposa cita “tempestade”

Tyson é alvo de ação por suposto estupro cometido nos anos 90

Mulher pede indenização de 5 milhões de dólares

Pleno.News - 25/01/2023 14h08 | atualizado em 25/01/2023 15h18

Mike Tyson Foto: EFE/Álex Cruz

Uma mulher acionou a Justiça, acusando o ex-campeão de boxe Mike Tyson de ter abusado sexualmente dela início dos anos 90, nos Estados Unidos. O crime teria sido cometido depois que a denunciante conheceu o boxeador em uma casa noturna na cidade de Albany, estado americano de Nova Iorque.

A suposta vítima disse que Tyson a estuprou em uma limusine. Ela afirma que sofreu “danos físicos, psicológicos e emocionais” desde então.

A mulher pede indenização de 5 milhões de dólares (cerca de R$ 25,6 milhões).

A ação legal em Nova Ioeque foi movida sob a Lei de Sobreviventes Adultos (Adult Survivors Act) do estado, que dá às vítimas de agressão sexual uma janela de um ano para abrir processos por agressões que aconteceram anos ou mesmo décadas antes.

Em seu depoimento, a mulher que entrou na limusine de Tyson e o boxeador imediatamente começou a tocá-la e a tentar beijá-la.

– Eu disse várias vezes que “não” e pedi para ele parar, mas ele continuou a me atacar. Ele então puxou minhas calças e me estuprou violentamente – disse a denunciante.

Ela está tentando manter seu anonimato porque a publicação de seu nome “certamente representaria um risco” de “mais danos mentais, assédio ou constrangimento pessoal”.

O advogado da mulher, Darren Seilback, disse em um documento separado que seu escritório não simplesmente aceitou a palavra da mulher, mas investigou suas alegações e determinou que elas são “altamente confiáveis”. Seilback afirmou, na terça-feira (24), que não poderia comentar mais sobre o caso.

Uma mensagem da reportagem solicitando comentários de Tyson sobre o caso foi enviada a uma agência que o representa.

Também na década de 90, outra mulher, chamada Desiree Washington, disse que Tyson a estuprou em Indianápolis. Ele foi condenado por esse caso, em 10 de fevereiro de 1992 e cumpriu três anos de prisão.

*AE

Leia também1 Daniel Alves: 1º depoimento de vítima foi gravado por policial
2 Mulher de Daniel Alves nega apoio a jogador: "Não deturpem"
3 Amiga de vítima diz que foi assediada por Alves em boate
4 Prefeita de Barcelona comenta sobre o caso de Daniel Alves
5 Após prisão de Alves e morte da mãe, esposa cita "tempestade"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.