Leia também:
X Brasil estabelece novo recorde de medalhas em Jogos Olímpicos

Medina se pronuncia sobre não ter se vacinado contra a Covid

Atleta ficará fora de etapa do mundial por não ter tomado o imunizante

Thamirys Andrade - 06/08/2021 13h03 | atualizado em 06/08/2021 13h36

gabriel medina
Gabriel Medina Foto: Reprodução

Gabriel Medina foi às redes sociais nesta sexta-feira (6) para justificar ainda não ter tomado a vacina contra a Covid-19. O caso repercutiu após o surfista revelar que perderá uma das etapas do mundial de surfe por não ter tomado o imunizante disponibilizado pelo Comitê Olímpico Brasileiro.

No Instagram, Medina afirmou ter cometido um erro ao adiar a vacinação devido à sua agenda de treinos.

– Vacina salva vidas, galera! Foi um erro eu não ter conseguido encaixar a imunização na minha agenda de treinos pros desafios desse ano, focada no campeonato mundial, mas em breve tomarei a minha. Enquanto isso, sigo tomando todos os cuidados e seguindo os protocolos de segurança – escreveu o surfista.

A etapa em Teahupoo acontece entre os dias 24 de agosto e 3 de setembro, ou seja, cinco dias após o encerramento das provas no México, por isso não daria tempo de o surfista brasileiro cumprir o período de isolamento.

Mesmo com a ausência, Medina tem grande vantagem na competição, sendo o primeiro na classificação, com 46.720 pontos, o que já o garante na final da WSL (World Surf League).

Ítalo Ferreira, medalhalista de ouro nas Olimpíadas, está mais de 13 mil pontos atrás do colega, com 33.555 pontos.

Leia também1 Após não se vacinar, Medina fica de fora de etapa do Mundial
2 Brasil estabelece novo recorde de medalhas em Jogos Olímpicos
3 Morre, aos 18 anos, o filho do ex-jogador alemão Michael Ballack
4 Fim de uma era! Lionel Messi deixa o Barcelona após 21 anos
5 Pedro Barros leva prata no skate, e Brasil iguala recorde de pódios

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.