Leia também:
X CBF divulga calendário dos campeonatos de 2021

Junto ao Brasil, outros 7 países aceitam volta da Libertadores

Dos 10 países integrantes, oito já se mostraram favoráveis à retomada dos jogos

Pleno.News - 21/08/2020 09h43 | atualizado em 09/09/2020 14h36

Flamengo foi campeão da Taça Libertadores de 2019 Foto: Flamengo/Gilvan de Souza

As federações de futebol do Peru e do Chile anunciaram quinta-feira (20) sua adesão ao protocolo de saúde da Conmebol para a retomada da Taça Libertadores e da Copa Sul-Americana, juntando-se às de Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Paraguai e Venezuela.

Das dez associações que compõem a entidade continental, apenas as de Argentina e Uruguai ainda estão pendentes. Os dois países, assim como o Chile, aguardam a definição dos locais de jogos da Libertadores, que será retomada em 15 de setembro. A definição acontecerá até a próxima terça-feira (25). Já a Sul-Americana será reiniciada em 27 de outubro.

– Os regulamentos permitem aos clubes a opção de exercer o mando de campo fora de seus países, caso o Protocolo de Concentração Sanitária não seja aprovado – ponderou a Conmebol.

Tal protocolo foi elaborado por um painel de especialistas convocado pela confederação e prevê outras regras e medidas preventivas que a entidade aplicará para o reinício seguro dos torneios internacionais.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Times se unem ao Médicos Sem Fronteiras contra a Covid
2 Flamengo marca no fim de pênalti e empata com Grêmio
3 Grêmio e São Paulo anunciam troca de Luciano por Everton
4 Isadora Pompeo reata namoro com jogador do Flamengo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.