Leia também:
X Medalhas olímpicas de Tóquio são feitas de celulares velhos

Judoca argelino se recusa a lutar com israelense e deixa Tóquio

Decisão do atleta foi em "apoio à Palestina"

Monique Mello - 23/07/2021 14h36 | atualizado em 23/07/2021 16h15

O argelino Fethi Nourine decidiu abandonar as Olimpíadas Foto: Reprodução

O judoca Fethi Nourine, de 30 anos, da Argélia, desistiu de competir nos Jogos Olímpicos de Tóquio por razões ideológicas. Em sorteio da categoria -73kg, foi definido que o argelino enfrentaria o israelense Tohar Butbul. Para evitar o confronto, em apoio à Palestina, Nourine tomou a decisão extrema de abandonar as Olimpíadas.

– Trabalhamos muito para nos classificarmos para os Jogos, mas a causa palestina é mais importante – disse o atleta.

De acordo com Amar Ben Yekhlef, técnico do atleta, a Argélia se recusa a regularizar as relações com Israel.

– Nós não tivemos sorte com o sorteio. O judoca Fethi Nourine caiu frente a um adversário israelense, e esse é o motivo de sua desistência da competição. Tomamos a decisão certa – declarou o técnico.

Essa atitude do atleta não é inédita. Em 2019, as chaves do Mundial de Judô também indicaram um confronto com o israelense, e Nourine abandonou a competição.

A Argélia, localizada no norte da África, é um país árabe e seu governo não reconhece o Estado de Israel.

Com a saída de Nourine da competição, o judoca Mohamed Abdalarasool, do Sudão, avançou de fase automaticamente.

Leia também1 Medalhas olímpicas de Tóquio são feitas de celulares velhos
2 Web critica narração de Galvão na abertura das Olimpíadas
3 Nas Olimpíadas, narradora do SporTV usa pronome neutro
4 Seleção do Brasil bate Alemanha em estreia nos Jogos Olímpicos
5 Esquerda acusa Patrícia Poeta de apropriação cultural por kimono

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.