Leia também:
X Crime: Atletas do Brasília Vôlei são assaltadas durante almoço

Tribunal na Espanha absolve Neymar de acusações de fraude

Julgamento era sobre fatos ocorridos na transferência do jogador do Santos para o Barcelona

Pleno.News - 13/12/2022 08h35 | atualizado em 13/12/2022 10h44

Neymar foi inocentado por tribunal espanhol Foto: EFE/Alberto Estevez

O atacante brasileiro Neymar, do Paris Saint-Germain (PSG), foi absolvido nesta terça-feira (13) pela Sexta Seção da Audiência de Barcelona, na Espanha, em julgamento sobre fatos ocorridos na transferência do jogador do Santos para o Barcelona.

Além do camisa 10 da Seleção Brasileira, também foram absolvidos os ex-presidentes do clube catalão Sandro Rosell e Josep Maria Bartomeu. Os três eram acusados dos crimes de corrupção entre particulares e fraude na operação.

No processo, conhecido como Neymar 2, era julgado o pagamento feito entre 2011 e 2013 pelo Barcelona à N&N Consultoria Esportiva, empresa da família do atacante, de 60 milhões de euros (R$ 336 milhões), sob diferentes justificativas, e ao Santos de mais 25 milhões de euros (R$ 140 milhões).

A ação foi movida pela empresa de investimentos brasileira DIS, dona de 40% dos direitos de Neymar quando ele estava no Santos. A empresa tinha argumentado que perdeu uma parte da transferência porque seu valor real foi subestimado. A empresa pediu uma pena de prisão de cinco anos para Neymar e uma multa de 149 milhões de euros (R$ 835 milhões) para os réus.

*Com informações EFE

Leia também1 Helicóptero pousou em hotel de Lula, mas petista ficou no local
2 Fotos: Brasília vive noite de caos com fogo em carros e ônibus
3 Crime: Atletas do Brasília Vôlei são assaltadas durante almoço
4 Alvorada: Bolsonaro acena para apoiadores e abraça crianças
5 Justiça condena governo a pagar indenização ao filho de Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.