Leia também:
X 3,5 mil soldados russos morreram, diz diplomata ucraniano

Três seleções se recusam a jogar contra a Rússia no futebol

A Suécia, a Polônia e a República Tcheca não irão disputar jogos pelas Eliminatórias da Copa contra os russos

Henrique Gimenes - 26/02/2022 14h43

Seleção de Futebol da Rússia Foto: EFE/EPA/YURI KOCHETKOV

Após o exército russo invadir a Ucrânia na madrugada da última quinta-feira (24), três seleções de futebol decidiram que não irá disputar jogos contra a Rússia em partidas das Eliminatórias da Copa. São elas a Suécia, a Polônia e a República Tcheca.

O anúncio da “operação militar no leste da Ucrânia” foi feito pelo presidente russo, Vladimir Putin, em um discurso transmitido na televisão na madrugada de quinta-feira (24). De acordo com ele, o “objetivo é proteger as pessoas que são submetidas a abusos, genocídio de Kiev durante oito anos, e, para isso, buscaremos desmilitarizar e desnazificar a Ucrânia e levar à Justiça aqueles que cometeram vários crimes sangrentos contra pessoas pacíficas, incluindo cidadãos russos”.

Em um comunicado divulgado nesta sexta-feira (26), as federações da Suécia, Polônia e República Tcheca afirmaram que a “escalada militar que estamos a observar está associada a graves consequências e a uma redução significativa do nível de segurança das nossas delegações”. Os jogos estava programados para ocorrer em 24 e 29 de março.

A Fifa também se manifestou sobre o conflito e condenou o “uso da força pela Rússia na Ucrânia e qualquer tipo de violência para resolver conflitos”. Afirmou que continuará monitorando a situação e que “atualizações em relação às próximas eliminatórias serão comunicadas oportunamente”.

Leia também1 3,5 mil soldados russos morreram, diz diplomata ucraniano
2 Jogadores brasileiros embarcam em trem para sair de Kiev
3 Ucrânia: FAB deixa dois aviões prontos para resgatar brasileiros
4 Embaixada do Brasil indica rota de fuga para brasileiros em Kiev
5 Ex-ator da Globo é encontrado morto em seu apartamento no RJ

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.