Leia também:
X Globo rescinde contrato da Libertadores com a Conmebol

Santos anuncia retorno de Cuca até o fim do Brasileirão

Contrato vai até o final do campeonato, em fevereiro de 2021

Pleno.News - 07/08/2020 16h58

Cuca voltará a treinar o Santos Foto: Rubens Chiri / São Paulo

O Santos oficializou nesta sexta-feira (7) o retorno do técnico Cuca. O acordo foi sacramentado no início da tarde, após reunião entre o treinador com o presidente José Carlos Peres e membros do Comitê Gestor do clube. O contrato irá até o final do Campeonato Brasileiro, em fevereiro de 2021.

As partes já tinham conversas alinhadas desde o início da semana. Mesmo antes da demissão do antecessor, o português Jesualdo Ferreira, clube e treinador conversavam sobre um possível retorno.

Pesou para o desfecho a condição financeira avaliada como viável pela cúpula santista em meio a crise que o clube enfrenta nesta temporada. Cuca trará apenas dois integrantes para a comissão técnica, um deles será o irmão e auxiliar Avlamir Dirceo Stival, o Cuquinha, e mais um preparador físico.

Com a volta de Cuca, o ex-meia Renato, que estava no time B, assume como diretor técnico no lugar de William Thomas. O executivo pediu demissão por causa da saída de Jesualdo. Esta será a terceira passagem do treinador pela Vila Belmiro. A última ocorreu na própria gestão de Peres, entre julho e dezembro de 2018. Na ocasião, o treinador surpreendeu ao comunicar um afastamento repentino, mesmo com contrato até 2019, por motivos de saúde. O técnico foi submetido a uma cirurgia para corrigir um problema no coração.

Ele deve reestrear na partida contra o Red Bull Bragantino, domingo (10), às 16 horas, na Vila Belmiro, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

PROBLEMAS INTERNOS
O Santos passa hoje em dia por diversas turbulências nos bastidores. Ao todo, são cinco meses de atrasos no pagamento dos direitos de imagem dos jogadores, além da redução salarial promovida pelo clube em meio à pandemia -realizada sem acordo assinado com os jogadores e a antiga comissão técnica.

Na segunda (3), os jogadores solicitaram reunião emergencial com o presidente José Carlos Peres para cobrar explicações pelas verbas que o Santos prometeu desembolsar para a permanência de Yuri Alberto, de cerca de R$ 10 milhões.

A própria saída de Jesualdo gerou incômodo pela forma como foi conduzida. Ela ocorreu minutos antes do treino e causou surpresa aos atletas, que já aguardavam em campo pelo início da atividade quando foram avisados que o trabalho seria comandado por Pablo Fernandez, técnico do sub-20.

Em 2018, Cuca assumiu o clube em cenário semelhante. A equipe não vencia há oito jogos e estava na zona de rebaixamento.

*Folhapress

Leia também1 Veja os jogadores cristãos que participam do Brasileirão
2 Globo vai à Justiça contra Turner a 2 dias do Brasileirão
3 MP quer que goleiro Bruno jogue usando tornozeleira
4 Torrent promete seguir legado e garante Flamengo ofensivo
5 Cúpula do Flamengo se reúne com ex-auxiliar de Guardiola

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.