Leia também:
X Cristiano Ronaldo revela que guarda cinzas do filho em casa

Nike veta nomes religiosos como Jesus e Exu na camisa da seleção

Empresa firmou acordo com o MPF

Thamirys Andrade - 16/11/2022 17h40 | atualizado em 16/11/2022 19h04

Camisa da Seleção Brasileira Foto: Reprodução / Nike

A Nike decidiu proibir termos religiosos como Jesus, Cristo, Exu ou Ogum na customização das camisas da Seleção Brasileira. A determinação ocorreu após um funcionário público acionar o Ministério Público Federal (MPF) ao observar que apenas os nomes relacionados a religiões de matrizes africanas eram vetados, mas os relacionados ao cristianismo estavam liberados.

De acordo com informações da BBC, o funcionário decidiu agir por acreditar que o caso poderia ser considerado discriminação religiosa. Assim, a empresa foi contatada pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão no Rio de Janeiro.

Em acordo firmado na última sexta-feira (11), a distribuidora da Nike assegurou que a política de marketing não promoverá discriminação e que vai aperfeiçoar a lista de termos proibidos. A empresa ainda criará um canal para que consumidores possam enviar reclamações ou alertas, além de elaborar um estudo sobre a diversidade no futebol.

Não somente termos religiosos são proibidos, mas também palavrões, nomes de figuras políticas ou expressões racistas.

– A Fisia, distribuidora oficial Nike no Brasil, reforça que não permite customizações de camisas com palavras que possam conter qualquer cunho religioso, político, racista ou mesmo palavrões. A marca informa ainda que esse sistema é atualizado, constantemente, visando cobrir o maior número de palavras possíveis que se encaixem nesta regra – assinalou, em nota.

Leia também1 Cristiano Ronaldo revela que guarda cinzas do filho em casa
2 Cantor gospel Davi Sacer tem conta no Twitter suspensa
3 Com Covid-19, Galvão Bueno não vai narrar abertura da Copa
4 Isabel, do vôlei, morre dois dias após entrar em transição de Lula
5 Você Pode Mudar o Mundo: Livro dá dicas para fazer a diferença

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.