Leia também:
X Casa Civil: ‘Argentinos entraram de maneira irregular no Brasil’

Jogador argentino ‘tira o corpo fora’ e provoca: “Íamos ganhar”

Goleiro reforçou discurso do técnico, de que "não foram informados"

Monique Mello - 06/09/2021 17h24 | atualizado em 06/09/2021 17h26

Goleiro Emiliano Martinez Foto: Divulgação/Aston Villa FC

O goleiro argentino Emiliano Martínez comentou sobre a polêmica da tarde deste domingo (5), da qual ele foi um dos pivôs. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interrompeu a partida entre Brasil e Argentina, por quebra de protocolos sanitários de quatro jogadores argentinos.

– Não entendemos o que aconteceu. É algo que nunca se viu no futebol. É uma pena a nível sul-americano. Um jogo tão grande a nível mundial que está suspenso por essas coisas, não dá para entender – disse Martínez no aeroporto Buenos Aires, após ser liberado pela Associação do Futebol Argentino (AFA) a retornar ao seu clube, o Aston Villa.

Ele reforçou o discurso de seu técnico, Lionel Scaloni, de que não haviam sido informados da situação antecipadamente e ainda alfinetou os brasileiros.

– Corriam boatos de que os jogadores da Premier League não podiam jogar, mas poderiam ter nos avisado quando chegássemos ao Brasil. Era simples, obviamente é uma pena, a gente ia ganhar, estávamos confiantes – disse, afirmando que ele e os outros três jogadores decidiram vir ao Brasil por “amor à camisa”.

– Nós quatro decidimos vir por amor à camisa, embora todos os da Premier não quisessem vir, viemos assim mesmo. Depois de vencer a Copa América, toda a equipe quer ficar com o grupo – concluiu.

Leia também1 Diretor da Anvisa aponta má-fé e desrespeito dos argentinos
2 Galvão põe 'culpa' da confusão com a Argentina no governo federal
3 Casagrande culpa governo por confusão em jogo com Argentina
4 Casa Civil: 'Argentinos entraram de maneira irregular no Brasil'
5 CPI quer saber se governo e CBF 'negociaram' sobre argentinos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.