Futebol: Técnico Tiago Nunes nega acerto com o Corinthians

Treinador contrariou notícia dada na imprensa nos últimos dias

Pleno.News - 06/11/2019 18h53

Tiago Nunes Foto: Reprodução

O técnico Tiago Nunes falou sobre o fim de seu ciclo no Athletico-PR em entrevista coletiva nesta quarta-feira (6), concedida em um hotel em Curitiba (PR). Durante o pronunciamento, o treinador ainda negou que já tenha um acerto com o Corinthians.

– Não chegou proposta alguma para mim. Todas as especulações e contatos foram diretamente com meu agente, ele que está à frente, e até por pedido meu, sempre evitei. Não conversei com nenhum dirigente ou representante do Corinthians. Neste momento, só estou pensando em conseguir descansar. Não tenho nada acertado com nenhum clube, não conversei com nenhum dirigente. O que vai acontecer daqui para frente vai ser debatido, discutido, e, aí sim, a partir dessa definição, vou pensar em 2020 – afirmou o treinador.

Na entrevista coletiva, Nunes disse que só começou a avaliar seu futuro nesta quarta, um dia após o Athletico-PR ter comunicado sua demissão.

– Eu não tenho nada definido com nenhum clube, nem reunião agendada. Solicitei que (meu agente) só agendasse algum encontro após o término dessa coletiva. O ciclo se encerra nesse momento, após a coletiva – disse o treinador.

Nunes apontou a busca por novos desafios como principal motivo para a saída do Athletico.

– Foram dois anos e meio de convivência, e essa maneira de convivência, da maneira que é exigido, gera desgaste, embates. Quando consegui passar por etapas importantes, que são sair da formação, ascender à equipe principal, conquistar e, de forma importante, marcar o nome na história do clube, me senti completando um ciclo, atingi as etapas que me foram propostas. Eu sou um competidor, então, busco sempre o desafio, nunca busquei a zona de conforto – declarou o treinador.

Nunes também falou sobre o comunicado emitido pelo Athletico na terça (5) para anunciar sua demissão – no documento, o clube critica o Corinthians e o técnico. “A memória é curta no futebol. Tiago Nunes esqueceu muito rápido que poucos meses atrás treinava o time Sub-19 do Furacão”, diz trecho.

– Já esperava uma nota nesse tom, porque já aconteceram manifestações anteriores nesse sentido. Sei que não é um sentimento dos jogadores, colaboradores, comissão técnica, da maior parte do torcedor, é das pessoas que fazem a gestão do clube. Fica muito claro que, sendo manifestação dos gestores, significa que eu tomei a decisão correta. Se há tanto rancor, tanto ódio, é sinal de que não valeria ficar para 2020 – rebateu Nunes.

O treinador ponderou, no entanto, que sempre teve uma relação de alto nível, nas palavras dele, com o presidente do Conselho do Deliberativo do Athletico, Mario Celso Petraglia, e que se ofereceu para ajudar na transição do comando técnico, o que foi negado pelo dirigente.

*Folhapress

LEIA TAMBÉM+ MP denuncia ex-dirigentes do Inter por desvio de dinheiro
+ Manchester quer pagar R$ 412 milhões por astro alemão
+ Latam troca passagens após mudança da Libertadores


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo