Leia também:
X Hulk acusa Mara Maravilha de usar a religião para aparecer

Flamengo libera escudo para uso gratuito em máscaras

Clube diz que ação visa gerar renda aos torcedores em momento de pandemia

Paulo Moura - 20/04/2020 11h58 | atualizado em 20/04/2020 12h14

Flamengo criou ação para permitir uso de sua marca em máscaras Foto: Reprodução

O Flamengo anunciou que liberou gratuitamente o uso de seu escudo para que os torcedores possam gerar renda através da venda de máscaras higiênicas. Segundo o clube, qualquer pessoa física ou microempresas, com faturamento anual de até R$ 180 mil, podem produzir o item.

– O combate à Covid-19 demanda cuidado com a saúde, responsabilidade e, acima de tudo, solidariedade. O Flamengo, consciente do seu papel na sociedade, também faz parte desta luta. Esperamos que as máscaras com a nossa marca, feitas diretamente pela população, ajudem a muita gente – disse Gustavo Oliveira, vice-presidente de Comunicação e Marketing do Flamengo.

Os arquivos com os escudos oficiais do clube para aplicação nas máscaras podem ser encontrados no site e nas redes sociais do Flamengo. Além disto, o clube irá divulgar em seus perfis nas redes sociais as máscaras consideradas mais criativas e com a melhor utilização da marca.

Através de um comunicado, o clube destacou, porém, que a medida tem validade de 120 dias e que a marca não poderá ser utilizada em outro produto que não seja a máscara higiênica.

– O prazo de autorização do licenciamento é de 120 dias, ou seja, até o final de agosto de 2020. Após essa data não serão mais permitidas a produção e a comercialização das máscaras com a marca do Flamengo – afirmou a instituição.

As regras detalhadas da ação e os links para download dos arquivos podem ser encontrados no site do clube.

Leia também1 Quarentena: Diretor da Globo é flagrado caminhando no Rio
2 Alemanha inicia reabertura gradual de parte do comércio
3 Fãs pedem live de Gusttavo Lima para competir com BBB

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.