Leia também:
X Casagrande volta a relacionar violência no futebol a Bolsonaro

Final de Corinthians e Flamengo pela Copa do Brasil será no Rio

A definição da ordem dos mandos de campo das duas partidas aconteceu nesta terça

Pleno.News - 20/09/2022 11h59 | atualizado em 20/09/2022 12h12

Corinthians e Flamengo decidirão título da Copa do Brasil no Maracanã Foto: Thais Magalhães/CBF

O Corinthians vai decidir fora de casa o título da Copa do Brasil com o Flamengo. A definição da ordem dos mandos de campo das duas partidas aconteceu no fim da manhã desta terça-feira (20), em sorteio realizado na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

O primeiro jogo, na Neo Química Arena, será disputado no feriado do dia 12, e a finalíssima uma semana depois, no Maracanã, no dia 19. Os horários das partidas ainda não foram definidos.

O sorteio desta terça-feira (20) contou com as presenças dos técnicos Vítor Pereira e Dorival Júnior, e dos capitães de Corinthians e Flamengo, Cássio e Diego Ribas. Antes da definição dos mandos, apenas o capitão rubro-negro externou a preferência por fazer a finalíssima em casa.

– Mas, independente de qualquer coisa, o que está no nosso controle é o trabalho e a dedicação – disse ele.

PREFERÊNCIAS
Para Cássio, o duelo entre Corinthians e Flamengo será de muita celebração, tanto em São Paulo quanto no Rio.

– A gente espera que seja uma grande final. Duas grandes equipes, com duas grandes torcidas. Tenho certeza que as duas finais vão ter estádio lotado e será uma grande festa – afirmou o goleiro corintiano.

Entre os treinadores, tanto Vítor Pereira quanto Dorival Júnior declararam não ter uma preferência por decidir fora ou em casa.

Essa será a segunda vez na história que um título nacional será disputado entre os clubes com as duas maiores torcidas do país. A primeira vez foi há 31 anos, quando o Corinthians venceu a Supercopa do Brasil de 1991. Na ocasião, o time paulista ganhou a decisão por 1 a 0, em jogo único disputado no Morumbi.

*AE

Leia também1 Casagrande volta a relacionar violência no futebol a Bolsonaro
2 “Meu time inteiro foi para a Band e eu fiquei”, diz Galvão
3 Em jogo, torcida protesta contra rainha e prega ódio à realeza
4 Filho processa Bruno por morte de Eliza e pede R$ 6,4 milhões
5 Richarlison contesta uso político da camisa da seleção

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.