Leia também:
X Daniel Alves continuará preso na Espanha sem direito à fiança

Dani Alves se contradiz e admite sexo com suposta vítima

Jogador está preso, acusado de assédio sexual

Thamirys Andrade - 21/01/2023 11h36 | atualizado em 23/01/2023 10h49

Daniel Alves Foto: EFE/ Francisco Guasco

Em depoimento ao Tribunal de Justiça de Barcelona, o jogador Daniel Alves decidiu mudar sua versão sobre a noite em que foi acusado de cometer assédio sexual. O atleta recuou de sua primeira alegação, em que disse não conhecer a mulher que o denunciou, e reconheceu que os dois chegaram a ter uma relação sexual, entretanto, ressaltou que teria sido consensual.

Foi justamente essa falta de coerência que levou Dani Alves a ser preso, nesta sexta-feira (19), por agentes da Mossos d’Esquadra. A detenção teria ocorrido para impedir o atleta de fugir do país.

Segundo informações do jornal El Periodico, há fortes provas contra o jogador, não apenas em relação ao assédio como também no que diz respeito à agressão.

A denunciante afirma que, na noite de 30 para 31 de dezembro, o lateral-direito a tocou inapropriadamente, por baixo de suas roupas íntimas, sem que ela desse consentimento, na boate Sutton, onde ambos estavam em uma festa.

Alves, por sua vez, negou todas as declarações da mulher.

– Gostaria de negar tudo. Sim, eu estava naquele lugar, com mais gente, curtindo. E quem me conhece sabe que eu amo dançar. Eu estava dançando e curtindo sem invadir o espaço dos outros. Eu não sei quem é essa senhora. Nunca invadi um espaço. Como vou fazer isso com uma mulher ou uma menina? Não, por Deus – assinalou à TV espanhola Antena 3, antes de decidir mudar seu depoimento.

Daniel Alves permanecerá preso até que passe por julgamento.

Leia também1 Daniel Alves é preso na Espanha, acusado de assédio sexual
2 Daniel Alves continuará preso na Espanha sem direito à fiança
3 Janja processa conselheiro do Corinthians e pede indenização
4 Robinho pode cumprir pena no Brasil por estupro, diz Dino
5 Dino: Robinho pode cumprir no Brasil condenação por estupro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.