Leia também:
X TV Globo tem pior estreia do Brasileirão dos últimos 6 anos

CSA tem jogo suspenso por ter 18 jogadores com Covid-19

Clube informou a CBF que não teria elenco suficiente para uma partida

Pleno.News - 11/08/2020 16h49

Time do CSA tem 18 dos 31 jogadores inscritos no Brasileirão com Covid-19 Foto: Reprodução/CSA/Francico Cedrin

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu, no começo da tarde desta terça-feira (11), suspender a partida entre CSA e Chapecoense, válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, que estava marcada para esta quarta-feira (12), na Arena Condá, em Chapecó.

A medida foi anunciada após o time alagoano ter informado à entidade que não teria atletas em número suficiente no elenco liberados para se deslocar até a cidade catarinense e jogar. Há pelo menos 18 jogadores infectados pelo coronavírus na equipe, de um total de 31 inscritos no campeonato.

Nove deles receberam resultados positivos para Covid-19 em exames coletados no domingo (9) e que ficaram prontos nesta terça.

Na quinta-feira passada (6), outros nove já haviam sido identificados com a doença. Isso não impediu o CSA de entrar em campo em casa no sábado (8), contra o Guarani -partida que venceu por 1 a 0.

Em nota, a Chapecoense afirmou que “expressa o apoio ao CSA e reitera o desejo de rápida recuperação de todos os contaminados”. A CBF ainda não tem uma nova data para a partida. Esse é o terceiro jogo das três principais divisões adiado por surtos da doença desde o início das competições nacionais, na última sexta (7).

*Folhapress

Leia também1 TV Globo tem pior estreia do Brasileirão dos últimos 6 anos
2 CBF passa a exigir testes de Covid-19 de todos os jogadores
3 "Ele deveria ficar em prisão perpétua", diz filho de Bruno
4 Globo sofre derrota na Justiça e Turner exibirá Brasileirão
5 Audiência para soltar Assis e Ronaldinho vai para o dia 24

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.