CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Internautas se animam para Fla x Flu no SBT bater a Globo

Carioca: Flamengo jogará por empate para ser campeão

Equipe enfrentará o Fluminense nesta quarta-feira

Henrique Gimenes - 14/07/2020 21h44

Centro de Treinamento do Flamengo Foto: Flamengo/Marcelo Cortes/

Flamengo e Fluminense decidem nesta quarta-feira (15), às 21h, o título de campeão carioca de 2020. O time rubro-negro, vencedor da primeira partida por 2 a 1, joga pelo empate para levantar o troféu estadual pela 36ª vez em sua história.

Para o confronto decisivo, o Flamengo não contará com seu principal artilheiro. Gabigol foi expulso nos instantes finais da primeira partida sob a alegação de reclamação acintosa no momento em que era substituído por Léo Pereira. O goleador marcou oito vezes no Estadual, mas ainda não fez nenhum desde a retomada do Carioca após a paralisação por causa da pandemia do novo coronavírus.

A disputa desta quarta ocorrerá novamente em um estádio vazio por causa do risco de disseminação da Covid-19. Mas, apesar da ausência de torcedores, o clima de rivalidade está mantido em campo. Desde a final da Taça Rio -vencida pelo Flu nos pênaltis em uma decisão contra o Flamengo-, os ânimos se acirraram, tendo os técnicos Jorge Jesus (Flamengo) e Odair Hellmann (Fluminense) como protagonistas.

Primeiro foi a vez de Jesus chiar do comportamento do Fluminense na final da Taça Rio -a vitória tricolor impediu que os rubro-negros conquistassem a taça por antecipação. “Foram melhores que nós e jogaram para não perder por muito. Estão de parabéns”, disse o treinador em tom de crítica ao sistema de jogo do adversário.

Ao final do primeiro jogo da decisão estadual, foi a vez de Odair Hellmann entrar em cena ao reclamar com a arbitragem do pouco tempo de acréscimo ao fim da partida. Em meio às queixas, houve uma discussão ríspida com João de Deus, assistente-técnico do Flamengo.

– Da outra vez, eles [Flamengo] reclamaram dos acréscimos, hoje eu comentei. Aí, teve um desrespeito de membro da comissão técnica deles [João de Deus]. O Diego me pediu para ter calma, mas disse que ele iria me respeitar. Que ele tenha respeito da próxima vez, não fica bacana para o esporte e para o grande jogo que foi – explicou Hellmann.

Fora de campo, os dois clubes também tiveram bastante divergência recentemente. O Flamengo liderou a retomada rápida do Campeonato Carioca, enquanto o Fluminense não queria entrar em campo enquanto a pandemia avançava no Rio de Janeiro. O time tricolor ainda se mostrava contrariado com o fato de os rubro-negros terem voltado a treinar bem antes de seus adversários.

Rivalidade à parte, o Fluminense terá de buscar uma reviravolta para sair de campo com o 32º título de sua história. A equipe tricolor, que venceu o Estadual pela última vez em 2012, precisa ganhar por dois gols de diferença. Se vencer por um gol, a decisão irá para disputa por pênaltis.

Para a decisão, a mudança do Fluminense é a volta do zagueiro Nino, que não atuou na primeira partida por causa de uma lesão no joelho. Digão volta para a reserva. O restante do time é o mesmo. Outra novidade é a presença no banco de reservas do meio-campista Paulo Henrique Ganso, que está recuperado de uma lombalgia. Já o centroavante Fred continua fora.

Pelo Flamengo, o centroavante Pedro, cria do Fluminense, será o substituto de Gabigol. Pedro vem se destacando mesmo como um reserva, marcou duas vezes nas duas partidas contra o arquirrival nesta semana e é o artilheiro rubro-negro desde a retomada do futebol carioca. Desde que foi contratado, ele já anotou seis gols em 13 jogos.

Outro problema para o técnico Jorge Jesus está na lateral direita. Rafinha deixou a primeira partida com dores no tornozelo e só deve saber se jogará momentos antes da partida. Se entrar na lista de desfalques, o jovem Matheuzinho deve ser o seu substituto.

FLAMENGO
Diego Alves; Rafinha (Matheuzinho), Rodrigo Caio, Gustavo Henrique (Léo Pereira), Filipe Luís; Willian Arão, Gérson, Everton Ribeiro, Arrascaeta; Pedro, Bruno Henrique. T.: Jorge Jesus

FLUMINENSE
Muriel; Gilberto, Nino, Matheus Ferraz, Egídio; Hudson, Dodi, Yago Felipe, Nenê; Marcos Paulo, Evanílson. T.: Odair Hellmann

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 21h desta quarta-feira (15)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha
Transmissão: SBT

*Folhapress

Leia também1 Com Covid-19, atacante do Fluminense fica fora da final
2 Internautas se animam para Fla x Flu no SBT bater a Globo
3 Retorno da Libertadores será no dia 15 de setembro
4 Campeonato Gaúcho de futebol volta no dia 23 de julho
5 CBF define datas do Brasileiro com partidas até fevereiro

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo