Leia também:
X Copinha estreia com vitórias de grandes e muitos gols

Atacante Vinícius Jr. é assunto em coletiva no Real Madrid

Técnico Zidane confirmou que está observando o jovem, que foi contratado junto ao Flamengo

Emerson Rocha - 03/01/2018 13h41 | atualizado em 05/01/2018 15h35

Vinícius Júnior tirou foto com CR7 em visita ao Real, em dezembro Foto: Reprodução Instagram

O jovem atacante Vinícius Júnior, do Flamengo, ainda nem deixou o clube de forma definitiva, mas já é assunto no Real Madrid. Em entrevista coletiva, nesta quarta-feira (3), o técnico do time espanhol, Zinedine Zidane, deixou claro que está observando o jogador que foi contratado por 45 milhões de euros.

Para o treinador, Vinícius precisa ganhar mais espaço no Rubro-negro e espera que em 2018 o atacante tenha boas atuações.

– Não sei exatamente qual vai ser o plano para ele. Agora essa não é minha preocupação. Sei que é jogador do Real Madrid para o futuro. Não está conosco ainda, veremos como isso vai ocorrer. Mas sempre estamos com um olho em Vinícius e esperamos que este ano as coisas deem certo para ele – disse Zidane.

Como não completou 18 anos, o atacante ainda não pode vestir oficialmente a camisa do atual campeão mundial. A expectativa é que ele vá para o Real no meio do ano, que é o início da temporada na Europa. Em dezembro, Vinícius Júnior fez uma visita ao clube e chegou a tietar o craque Cristiano Ronaldo.

O treinador francês também se mostrou confiante que o Real Madrid ainda tem chances de conquistar os três títulos que está disputando. Na Liga do Campeões, o time está nas oitavas de final contra o Paris Saint-Germain. Na Copa do Rei, o adversário é o Numancia, que está na segunda divisão da Espanha. O desafio é o campeonato nacional, já que os merengues estão 14 pontos atrás do líder Barcelona.

– Com esperança. Sempre com esperança. É o mais importante. Restam três competições, nós temos a mesma esperança e vamos tentar dar o máximo em cada partida. Volta a Copa do Rei e temos a máxima esperança de vencer – acredita o treinador, que não esqueceu a derrota em casa para o maior rival pelo Espanhol.

– Tenho fé no meu elenco. É verdade que a derrota no clássico com o Barcelona dói, mas, no Real Madrid ninguém se rende. Estamos vivos nas três competições. As pessoas podem opinar, mas temos a mesma esperança e vamos brigar de agora até maio. Depois, no fim, veremos se haverá mudanças – completou.

Leia também1 Em Portugal, CR7 exibe troféus conquistados na carreira
2 Barça vence Real Madrid por 3 a 0 e dispara na liderança

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.