Leia também:
X Em programa de TV, jornalista diz que ‘Galvão era traíra’

Após arritmia, Sergio Agüero deixa o futebol aos 33 anos

Jogador decidiu parar de jogar cerca de um mês e meio após sofrer arritmia cardíaca durante uma partida do Barcelona

Pleno.News - 15/12/2021 10h56 | atualizado em 15/12/2021 11h29

Agüero se emocionou no anúncio de sua aposentadoria Foto: EFE/Andreu Dalmau

A carreira profissional do atacante argentino Sergio “Kun” Agüero acabou nesta quarta-feira (15). Muito emocionado, em uma entrevista coletiva no dia anterior, em Barcelona, o jogador de 33 anos anunciou a sua aposentadoria precoce depois que teve uma arritmia cardíaca detectada após se sentir mal durante uma partida do Barcelona, no final de outubro.

– Esta entrevista coletiva é para informar que decidi parar de jogar futebol profissional. São momentos muito difíceis, mas ainda estou muito feliz com a decisão que tomei. Em primeiro lugar, está a minha saúde devido ao problema que tive há um mês – disse o argentino.

No dia 30 de outubro, durante o empate contra o Alavés, pelo Campeonato Espanhol, Agüero sentiu dores no peito e deixou o gramado. Ele foi encaminhado ao hospital e teve uma arritmia cardíaca diagnosticada. O jogador ficou afastado dos gramados desde então, até anunciar a aposentadoria nesta quarta-feira.

– Eu estava nas mãos dos médicos, e eles me disseram que o melhor era parar de jogar. Tomei a decisão há 10 dias. Fiz todo o possível para ver se havia esperança, mas não havia muita. Tenho muito orgulho da minha carreira. Sempre sonhei que jogava futebol. Meu sonho era jogar na primeira divisão. Nunca pensei em chegar à Europa – prosseguiu Agüero.

Contratado para esta temporada após se tornar ídolo no Manchester City, o atacante argentino só fez cinco partidas com a camisa do Barcelona e marcou um gol – na derrota por 2 a 1 para o Real Madrid, no estádio Camp Nou, em Barcelona. Sua expectativa era jogar ao lado do amigo e compatriota Lionel Messi, mas o craque deixou o clube espanhol e foi para o Paris Saint-Germain.

– Acho que fiz o meu melhor para ajudar a vencer. Estou saindo de cabeça erguida e muito feliz. Não sei o que me espera, mas tenho pessoas que me amam e me desejam o melhor. Agradeço a todos os torcedores dos clubes onde joguei e guardo as coisas bonitas que vivi – completou o argentino.

*AE

Leia também1 Ciro e Cid Gomes fazem parte de "associação criminosa", diz PF
2 Rachadinha: PGR abre apuração preliminar contra Alcolumbre
3 PF cumpre mandados contra Ciro por esquema de corrupção
4 MPF acusa dono da Globo de fazer mansão em área proibida
5 Precatórios: Câmara aprova texto do Senado em 1° turno

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.