Leia também:
X Jogadores da Bolívia também testam positivo para Covid-19

Antes de a bola rolar, Casemiro reforça: ‘Não estamos contentes’

Jogador nega 'boicote' ao evento, mas afirma descontentamento

Pleno.News - 13/06/2021 15h11 | atualizado em 13/06/2021 15h34

Casemiro falou sobre a Copa América no Brasil Foto: Reprodução

A seleção brasileira estreia na Copa América neste domingo (13), em Brasília. Antes de a bola rolar no estádio Mané Garrincha, o volante Casemiro voltou a falar sobre a competição. E reiterou o descontentamento dos companheiros em disputá-la.

Casemiro teve de explicar quando disse que “todos sabem o nosso posicionamento”, após o jogo com o Equador. Aquela entrevista passou o entendimento que o Brasil iria desistir da disputa da Copa América. Ele disse que não foi bem assim, apesar de seguir na bronca.

– Em momento algum falamos que não iríamos jogar. Nunca vamos deixar de jogar com a seleção brasileira e de honrar essa camisa. Mas não estávamos contentes com a Copa América no Brasil. Somos os atuais campeões, mas a forma que ela foi apresentada… – questionou.

O jogador critica a forma e “rapidez” com que a competição foi organizada.

– Uma Copa América tão bonita, uma competição centenária, não pode ser organizada em dez dias. Da forma como foi feita, não foi da melhor maneira, da melhor organização possível. Mas respeitamos e estamos aqui para vencer – afirmou.

O jogador ainda aproveitou para falar sobre a oponente desta noite e lamentou os problemas com a Covid-19 enfrentado pelos venezuelanos.

– A Covid não foi embora, está aí. É delicado. A gente fica chateado pelo espetáculo. Em 10 dias fazer uma Copa América assim. Estamos chateados que a Venezuela não esteja com a força máxima – lamentou.

*Estadão

Leia também1 "Não tem desculpa agora", diz Tite na véspera da Copa América
2 Prestes a jogar com o Brasil, Venezuela tem 12 casos de Covid
3 Jogadores da Bolívia também testam positivo para Covid-19
4 Empresa chinesa é a 4ª a desistir de anunciar na Copa América
5 Olimpíada assusta cidadãos de Tóquio após aumento de mortes

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.