Evangélica de 16 anos vence mundial de jiu-jitsu nos EUA

Filha de diarista, Maria Claudia sonha em conseguir um patrocínio

Rafael Ramos - 04/06/2019 14h41

Aos 16 anos, Maria Claudia venceu campeonato mundial de jiu-jitsu Foto: Arquivo Pessoal

Moradora da Freguesia, no Rio de Janeiro, a estudante Maria Claudia Almeida Silva, de 16 anos, venceu uma disputa no mundial de jiu-jitsu, que aconteceu na Califórnia (EUA). Medalha de ouro na categoria juvenil da International Brazilian Jiu-Jitsu Federation, Maria integra a equipe do Projeto Conviver, apoiado pela Comunidade Presbiteriana da Freguesia. A igreja é liderada pelo pastor André Leal Félix.

– Esse projeto existe há cinco anos e fica em frente à Escola Municipal 25 de Abril. Os professores do projeto fazem treinos na escola e a direção da escola sempre conta com a nossa ajuda. Todos os alunos são federados à academia Infight e, assim como os outros, a Maria tem conquistado outros campeonatos. Acreditamos que, depois dessa conquista, outras coisas vão começar a acontecer na vida dela – declarou o pastor ao Pleno.News.

A lutadora integra projeto social de uma igreja no Rio de Janeiro Foto: Arquivo Pessoal

Filha da diarista Ana Paula Nascimento Almeida, de 42 anos, e membro da Assembleia de Deus Nova Filadélfia, Maria confessa que ficou nervosa com sua primeira viagem internacional. Fã da lutadora Gabi Pessanha, ela sonhava em fazer capoeira, mas se encontrou realmente no jiu-jitsu e hoje é faixa azul na modalidade.

– Eu me apaixonei cada vez mais pelas artes marciais desde que conheci o projeto através da minha cunhada. Agora sonho conseguir um patrocínio para me ajudar cada vez mais nessa carreira de atleta – comentou a campeã.

Bastante emocionada, a mãe da atleta vê como recompensa todo esforço feito para ajudar a filha. Ana Paula agradeceu muito a Deus pela vitória de Maria Claudia no tatame.

– Foi uma felicidade muito grande. Glorifiquei ao nome do Senhor o tempo inteiro. Foi muita luta e esforço para minha filha chegar onde chegou.

LEIA TAMBÉM+ "Preconceito no futebol é velado", diz técnico do Bahia
+ Mãe diz a Neymar: "Está na hora de voltar para Jesus"
+ “Quero ser lembrado como um homem de Deus”, diz jogador


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo