Leia também:
X Nas redes sociais, Neymar e Kaká registram encontro

“Estou com Deus na vitória e na derrota”, diz Cris Cyborg

Campeã do UFC perdeu o cinturão para a rival Amanda Nunes

Camille Dornelles - 30/12/2018 11h34 | atualizado em 02/01/2019 14h51

Lutadora Cris Cyborg publicou uma oração após derrota no UFC Foto: Reprodução Instagram

A lutadora Cris Cyborg perdeu a luta para a rival Amanda Nunes na defesa do cinturão de peso pena do UFC neste sábado (29).

As duas já eram donas de um cinturão de ouro e se enfrentaram pela primeira vez. Após a derrota, que veio em apenas 51 segundos de luta, Cris decidiu fazer uma manifestação de fé em suas redes sociais.

Ela afirmou que “o mais importante é ser campeão na vida das pessoas” e declarou fidelidade a Deus. Além disso, também agradeceu aos apoiadores.

– Hoje não foi nosso dia, mas galera, quero que saiba que sou muito grata pelo carinho de vocês! A vida é assim. Um dia perdemos e um dia vencemos! Cinturão pra mim sempre foi algo simbólico, o mais importante é ser campeão na vida das pessoas fazendo diferença nesse mundo! Obrigada, Deus. Estou com Você na vitória e na derrota até o fim dos meus dias! – declarou.

Cris entrou com a música gospel Estou de Pé, de Wesley Ros. O cantor afirmou que a renda dos direitos autorais da música será revertida para uma associação que faz trabalhos missionários no Haiti.

CONFIRA TODOS OS RESULTADOS DO UFC 232

CARD PRINCIPAL
Peso meio pesado: Jon Jones venceu Alexander Gustafsson por nocaute no terceiro round
Peso pena: Amanda Nunes venceu Cris Cyborg por nocaute no primeiro round
Peso meio médio: Michael Chiesa derrotou Carlos Condit por finalização no segundo round
Peso meio pesado: Corey Anderson venceu Ilir Latifi por decisão unânime dos juízes
Peso pena: Alex Volkanovski derrota Chad Mendes por nocaute técnico no segundo round

CARD PRELIMINAR
Peso pesado: Walt Harris derrotou Andrei Arlovski por decisão dividida dos juízes
Peso pena: Megan Anderson venceu Cat Zingano por nocaute técnico no primeiro round
Peso galo: Petr Yan derrotou Douglas D’Silva por nocaute técnico
Peso leve: Ryan Hall venceu B.J. Penn por finalização no primeiro round
Peso galo: Nathaniel Wood venceu Andre Ewell por finalização no terceiro round
Peso médio: Uriah Hall venceu Bevon Lewis por nocaute no terceiro round
Peso meio médio: Siyar Bahadurzada venceu Curtis Millender por decisão unânime dos juízes
Peso galo: Montel Jackson derrotou Brian Kelleher por finalização no primeiro round

Leia também1 As 15 conquistas esportivas mais especiais do ano. Veja!
2 Cris Cyborg vence no 1º round do UFC 222 e agradece a Deus
3 Cris Cyborg publica vídeo cantando música gospel

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.