Leia também:
X David Luiz fecha com Flamengo: “Eu sempre sigo a voz de Deus”

Ex-combatente de guerra, trans vence luta feminina no MMA

Alana McLaughlin aplicou um mata-leão na francesa Celine Provost

Pierre Borges - 13/09/2021 14h20 | atualizado em 14/10/2021 12h26

Alana McLaughlin derrotou Celine Provost
Alana McLaughlin derrotou Celine Provost Foto: Reprodução/YouTube/The FIGHT BOOK

A atleta transgênero Alana McLaughlin venceu sua primeira luta nas preliminares do MMA Combate Global feminino em Miami, Flórida.

O combate acabou aos 3 minutos e 32 segundos do segundo round, quando a oponente, Celine Provost, preferiu desistir por não conseguir sair de um golpe conhecido como mata-leão. A luta aconteceu na última sexta-feira (10).

Antes da transição de gênero, McLaughlin entrou nas Forças Especiais do Exército americano em 2003, onde ficou por seis anos. Seu histórico militar inclui combates no Afeganistão. Ao sair do Exército, em 2010, o então Ryan decidiu iniciar sua transição.

McLaughlin chegou ao local da luta usando uma bandeira do orgulho trans e uma camisa com a frase “fim do genocídio trans”.

Leia também1 Terra tem anomalia no campo magnético e preocupa cientistas
2 Roberto Jefferson é condenado por homofobia contra Leite
3 Mourão: "Bolsonaro buscou uma reaproximação com o STF"
4 Bolsonaro lança benefício para agentes de segurança pública
5 Bolsonaro: “Minoria que foi às ruas ontem é digna de pena”

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.