Leia também:
X Robinho é condenado em última instância por estupro coletivo

Após Djokovic, surfista dos EUA pode ser barrado na Austrália

Ministro de Esportes da Austrália mandou recado a Kelly Slater sobre regras de imunização

Pleno.News - 20/01/2022 16h06 | atualizado em 21/01/2022 11h00

Kelly Slater Foto: EFE/Jose Sena Goulao

Richard Colbeck, ministro de Esportes da Austrália, mandou um recado ao surfista americano Kelly Slater para avisar que sua entrada no país não será permitida caso não se vacine contra a Covid-19. As informações são do portal UOL.

– Não há chance de entrar. Acho que ele sabe as regras. Não importa se você é um surfista, um jogador de tênis, um turista ou qualquer outra pessoa, estas são as regras. Elas são aplicáveis a todos – disse o ministro em entrevista ao site The Age.

A WSL (Liga Mundial de Surfe, em inglês) não exige passaporte vacinal para a disputa do Mundial, mas incentiva a vacinação e alerta a respeito das regras dos países em relação ao assunto.

O Mundial de Surfe deste ano terá duas etapas na Austrália, uma em abril e outra em maio.

O tenista Novak Djokovic foi deportado da Austrália recentemente porque não estava vacinado. Slater chegou a usar as redes sociais para defender o tenista sérvio.

Leia também1 Covid: Djokovic compra 80% de empresa que estuda tratamento
2 Pato elogia Djokovic por não tomar "picada experimental"
3 Casagrande alfineta Djokovic e fala em 'carteirada'
4 Djokovic pode ter que se vacinar para disputar Roland Garros
5 Tenistas saem em defesa de Novak Djokovic após deportação

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.