Leia também:
X Agnaldo Timóteo: Testamento foi feito um mês antes da morte

Última esposa do ator Tom Veiga pede que corpo seja exumado

Cybelle falou novamente das acusações feitas contra ela por agressão e envenenamento contra o ex-marido

Paulo Moura - 03/05/2021 10h33 | atualizado em 03/05/2021 10h47

Casamento de Tom Veiga e Cybelle Foto: Reprodução

A última esposa do ator Tom Veiga, Cybelle Hermínio, falou novamente das acusações feitas contra ela por agressão e envenenamento contra o ex-marido. Em Stories publicados em seu Instagram na noite de domingo (2), Cybelle se manifestou favorável a exumar o corpo do artista para sanar qualquer dúvida quanto ao motivo da morte de Veiga.

– Em relação ao envenenamento… Não tenho o que falar. A única coisa que falaria é: vamos exumar, gente. Ué. Vamos exumar, então, pra ter certeza! – afirmou.

Cybelle também relatou o motivo de não ter participado do velório de Tom Veiga. A ex-esposa do ator disse ter se sentido “acuada” e “insegura” de viajar sozinha para São Paulo, onde ocorreu a cerimônia.

– Não fui porque aqui, no Rio [de Janeiro], no dia da morte, no dia do [reconhecimento do corpo no] IML [Instituto Médico Legal], no dia do velório, passei por situações… tanto com amigos quanto com a família… me senti completamente acuada. Existe, inclusive, um registro sobre isso. Tudo vai para o processo. Me senti insegura de ir para São Paulo sozinha – disse.

A empresária também rebateu as acusações de que agrediu Tom e destacou que entende a reação de parte do público, mas negou que tenha praticado qualquer violência contra o antigo marido.

– Obviamente, aqueles áudios do Tom… Claro que todo mundo fica perplexo, óbvio. Mas ninguém se atentou a ouvir o outro lado. Só porque era famoso e morreu, quer dizer então que era verdade? – questionou.

Cybelle também afirmou que Tom Veiga tinha planos de deixar o programa Mais Você, da TV Globo, e disse que o ex-marido planejava conversar com a apresentadora Ana Maria Braga em breve.

– Não sei falar se ele era depressivo. Sei que ele tinha uma psicóloga. A gente tinha planos, realmente, de ele não renovar com a Globo – relatou.

SOBRE O CASO
No dia 6 de abril, o jornal Extra publicou uma reportagem com relatos de que Tom Veiga teria pedido a um amigo que fosse com ele a um cartório para testemunhar a retirada do nome de Cybelle de seu testamento. Áudios teriam sido enviados ao amigo nos dias 29 e 30 de outubro, sendo que Tom foi encontrado morto em 1º de novembro.

Indícios já apontavam que Cybelle e a família do ator poderiam entrar na Justiça por conta de uma briga pela herança. Tom teria feito um testamento por precaução em maio de 2019, após ter descoberto nódulos no pulmão.

Na mesma semana, o colunista Leo Dias, do Metrópoles, informou que pessoas próximas a Tom Veiga teriam dito que a família tem desejo de pedir a exumação de seu corpo para averiguar um suposto envenenamento. Alessandra Veiga, segunda ex-mulher do ator, revelou que, em 4 de outubro do ano passado, ele teria lhe contado que sofreu uma agressão de Cybelle.

Tom Veiga e Cybelle se casaram em janeiro de 2020, em cerimônia íntima, mas a oficialização de fato só aconteceu em 21 de agosto daquele ano. Ambos trocaram a união estável pelo casamento com total separação de bens. Pouco depois, o casal rompeu.

Leia também1 Ex de Tom Veiga chora após ser acusada de envenenamento
2 Ex-esposa de Tom Veiga: “Ele se sentia um caixa eletrônico”
3 Ex de Tom Veiga nega agressões e envenenamento: "Um absurdo"
4 Fotos e áudio! Tom Veiga narra agressão que sofreu da mulher
5 Empregada diz que esposa de Tom Veiga tentou matá-lo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.