Leia também:
X Juiz nega liminar para retirar do ar ofensas de Neto a Sikêra Jr

Série infantil dos Muppets exibe personagem de gênero fluido

Episódio critica imposição de roupas específicas para meninos e meninas

Pierre Borges - 04/08/2021 14h50 | atualizado em 14/10/2021 15h53

Série infantil dos Muppets exibe personagem de gênero fluido
Série infantil dos Muppets exibe personagem de gênero fluido Foto: Reprodução/Muppets Babies

Um novo episódio da série animada Muppets Babies, inspirada nos fantoches clássicos dos Muppets, introduziu a fluidez de gênero por meio de um personagem que decide ir a um baile usando vestido.

No roteiro, as personagens Miss Piggy e Summer organizam um baile real e, ao ouvirem Gonzo falar que também quer ir ao baile de vestido, ficam surpresas e afirmam que o “manual real” diz que as meninas devem se vestir como princesas e os meninos como cavaleiros.

Após ver que Gonzo ficou chateado em não poder usar um vestido, o personagem Rizzo decide ajudá-lo e lhe dá um vestido. Gonzo então vai ao baile com uma máscara e se apresenta como “Princesa Gonzorella”.

No dia seguinte, Gonzo conta aos seus amigos sobre seu disfarce e diz que não queria fazer as coisas só porque é a forma que sempre foram feitas.

– [Eu escondi isso] porque todos vocês esperavam que eu me vestisse de uma forma em particular. Eu não queria que vocês ficassem chateados comigo, mas eu não quero fazer coisas só porque é o jeito que elas sempre foram feitas. Eu quero ser eu – diz o personagem.

Após o discurso, os amigos de Gonzo lhe pedem desculpas por tentarem decidir o que ele poderia ou não vestir e dizem que o aceitam da forma como ele é.

Confira um trecho do episódio (em inglês):

A comentarista norte-americana Candace Owens criticou a exibição do conteúdo e disse que “estão empurrando a agenda trans para crianças por meio de Muppets Babies. Isso é doentio e pervertido”. Ela disse ainda que “todos deveriam estar incomodados com desenhos predatórios intencionados em levar as crianças à disforia de gênero”.

Mesmo com o episódio sendo exibido, até o momento, apenas nos Estados Unidos, alguns brasileiros também criticaram o episódio no Twitter. Um internauta disse que Gonzo saiu do armário e que “ninguém pode achar isso errado, senão os progressistas vão perseguir você!”

Leia também1 Walkyria desabafa sobre morte do filho: "A internet está doente"
2 Bolsonaro diz que novo Bolsa Família pode chegar a R$ 400
3 Saiba mais: Menino morto pela mãe era ameaçado por madrasta
4 Em evento do TRE-RJ, Barroso manda indiretas a Bolsonaro
5 PF apreende jatinho com mais de uma tonelada de cocaína

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.