Leia também:
X Karina Bacchi nega ler Bíblia 10h por dia: “Quem dera”

Rede Globo prepara novela com protagonista evangélica

Emissora quer atrair público cristão que migrou para a Record TV

Thamirys Andrade - 21/05/2022 13h20 | atualizado em 21/05/2022 14h19

Rosane Svartman é a autora de Vai na Fé Foto: AgNews | Andre Luiz

Buscando acompanhar o crescimento de evangélicos no Brasil, a Rede Globo se prepara para lançar sua primeira telenovela com uma protagonista adepta a essa religião. A produção das 19h, intitulada Vai na Fé, deve ir ao ar em novembro, de acordo com informações do colunista Fefito, do portal UOL.

Com trama escrita por Rosane Svartman, a narrativa contará a história da personagem Solange, uma vendedora de marmita, descrita como “mulher cristã, muito apegada à fé e aos ensinamentos do pastor”.

Com duas filhas, um marido desempregado e sustentando a sua mãe, Solange viverá um acúmulo das dívidas que a levará a aceitar ser backing vocal de um cantor de funk e terá que encontrar meios de conciliar sua fé e seu trabalho.

De acordo com informações do portal Na Telinha, o novo posicionamento da emissora tentará desfazer estereótipos dos evangélicos exibidos na novela Duas Caras e atrair os espectadores que deixaram a emissora para acompanhar as novelas bíblicas da Record TV.

– Nada de evangélicos expulsando demônios no meio da rua ou tendo premonições, nem muito menos charlatões. Dessa vez, a trama irá mostrar que os protestantes brasileiros estão em toda parte da sociedade – afirma o site.

Leia também1 Karina Bacchi nega ler Bíblia 10h por dia: "Quem dera"
2 Sertanejos apresentam música sobre Bolsonaro: Capitão do Povo
3 Globo se pronuncia após suposto plano de Bonner para sair
4 Motorista continua na Uber após problema com influenciadora
5 Evento do Esperança Rio reúne mais de 5 mil mulheres e jovens

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.