Leia também:
X Karol Conká é acusada de xenofobia após criticar Juliette

Ratinho desabafa: “Fizeram tudo para atrapalhar o governo”

Apresentador fez críticas duras contra setores que, segundo ele, torcem pelo "quanto pior, melhor"

Paulo Moura - 30/01/2021 15h03 | atualizado em 30/01/2021 15h10

Ratinho teceu duras críticas contra setores que atacam o governo Foto: Reprodução

O apresentador Ratinho usou parte da edição da última quinta-feira (28) de seu programa no SBT, para defender o trabalho que o governo federal tem feito no combate à pandemia até o momento. Segundo o comunicador, setores como a imprensa, a Justiça e a oposição ao presidente Bolsonaro têm atrapalhado as providências da gestão federal.

– Desde o início da pandemia, fizeram tudo o que foi possível para atrapalhar as providências do governo federal – afirmou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Caroline De Toni (@carolinedetoni)

O apresentador ainda disse que o país viu uma luz no fim do túnel com o início da vacinação e declarou que, mesmo com o governo promovendo medidas como a compra de vacinas e o início da campanha de vacinação, as autoridades federais são depreciadas com frequência.

– O presidente tem recebido todos os tipos de críticas, o governo, o Ministério da Saúde são depreciados constantemente pela oposição e por parte da imprensa que não tem reconhecido a verdadeira importância do trabalho que está sendo realizado – disparou.

Ratinho afirmou que o governo “garantiu 300 milhões de doses de vacinas” e ressaltou que o Ministério da Saúde já distribuiu 6 milhões de doses do imunizante. O apresentador declarou que o presidente “não pode fazer nada sozinho” e criticou duramente as pessoas que têm “furado filas” para se vacinar.

– O que você tem a dizer sobre essas pessoas que estão furando a fila para serem vacinadas primeiro? Na minha opinião são canalhas. O que você acha de cidades que receberam verba do governo e compraram respiradores e adegas de vinho. Muitos que criticam estão levantando as mangas da camisa para tomar a vacina na frente dos outros. Cambada de vagabundo – completou.

Leia também1 Bolsonaro nega que promoverá recriação de ministérios
2 Bolsonaro elogia trabalho de Pazuello: "Tremendo gestor"
3 'Só tem uma vaga', diz Bolsonaro ao negar reforma ministerial
4 No Alvorada, Michelle Bolsonaro recebe vencedores de concurso
5 Olimpio: "Esse é o João Doria, uma verdadeira praga bíblica"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.