CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Record cancela Power Couple e não paga cachê de convidados

“Precisamos de um meio-termo que não destrua o país”

Roberto Justus defende que a paralisação seja interrompida para não compreender a economia do país

Rafael Ramos - 29/03/2020 16h24

Roberto Justus defendeu um fim gradativo à paralisação Foto: Reprodução

O apresentador e empresário Roberto Justus voltou a se manifestar sobre o áudio que vazou de uma conversa entre ele e Marcos Mion onde criticava as medidas de isolamento para deter a contaminação do coronavírus. Em um vídeo publicado no Instagram, ele explicou que as pessoas foram injustas e reforçou que a paralisação deve ser interrompida aos poucos para não comprometer a economia do país.

– Sou uma pessoa que pensa sim no ser humano, que preza pelas pessoas e sempre se preocupou em ser íntegro e correto com todos. O fato disso ser um problema tão sem precedentes no mundo faz com que não existam respostas absolutas ainda e fico muito triste de ver que existe agora uma polarização e uma politicagem em cima de um assunto tão importante e que acaba tirando o foco do mais importante que é o bem-estar das pessoas.

View this post on Instagram

Após muita polêmica a respeito da minha visão sobre a crise que vivemos, resolvi gravar mais um vídeo atualizando os meus pensamentos, e deixando claras as minhas apreensões.

A post shared by robertoljustus (@robertoljustus) on

O empresário disse saber que pertence ao grupo de risco e não concorda que o dinheiro se sobrepõe às pessoas. Roberto Justus afirmou que essa crise pode causar um desespero no brasileiro que demoraria muito mais tempo para ser superado.

– Esse isolamento não pode se prolongar por muito tempo. Precisamos encontrar um meio-termo que não vá destruir o país. Na minha visão, o máximo que o país aguenta seriam uns 30 dias, depois disso precisamos cobrar aos governantes de nos apresentarem planos de liberar gradativamente a população para voltar a trabalhar e girar a roda econômica, sempre preservando os grupos de risco.

Leia também1 Criticada, comentarista da CNN aponta saída do canal
2 Gusttavo Lima arrecada doações em show pela web
3 Pais de estudantes arrecadam R$ 20 mil para ambulantes

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo