Leia também:
X Xuxa abre outra ação criminal contra Sikêra Jr. por difamação

Polícia chega a um veredito final sobre a morte de Tom Veiga

Polícia Civil também pediu que o Ministério Público arquive o caso

Monique Mello - 10/08/2021 17h12 | atualizado em 10/08/2021 17h41

Tom Veiga, intérprete do Louro José, foi encontrado morto em casa Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Rio de Janeiro encerrou as investigações acerca da morte de Tom Veiga, falecido em novembro de 2020. De acordo com o laudo final, o intérprete do personagem Louro José morreu devido a causas naturais. A decisão da 16ª DP (Barra da Tijuca) veio após “depoimentos de testemunhas, laudos periciais e demais diligências cabíveis”.

De acordo com a polícia, não foram apontados elementos informativos que indiquem causa violenta. Um inquérito havia sido aberto depois das suspeitas, por parte de amigos do artista, em torno de sua morte. Pessoas próximas a Tom desconfiavam que o falecimento dele não havia ocorrido de forma natural.

A polícia recomendou ao Ministério Público que o caso seja arquivado, uma vez que não foi possível encontrar nada de “relevante interesse criminalístico”.

Tom Veiga morreu em novembro de 2020, aos 47 anos, em decorrência de um AVC. Ele foi encontrado morto em sua casa na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

 

Leia também1 Xuxa abre outra ação criminal contra Sikêra Jr. por difamação
2 Mara detona Xuxa por política: 'Sou mais brasileira que ela'
3 Filho de Boca Rosa tem enxoval roxo por causa de tia não-binária
4 Doria promove aglomerações em inauguração de estação de trem
5 #CNNLixo viraliza após repórter chamar desfile de 'assustador'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.