Leia também:
X Equipe pede doação de sangue para Paulinha Abelha

Para especialista ouvida pela Globo, queda de homicídios é ‘culpa’ de bandidos

Explicação que destaca que "grupos de traficantes de drogas se expandiram, se tonaram mais profissionais" foi alvo de críticas nas redes

Pleno.News - 22/02/2022 11h02 | atualizado em 23/02/2022 01h56

Durante uma edição do Estúdio i, da GloboNews, a jornalista Carol Prado foi chamada na tela pela apresentadora Maria Beltrão para falar de uma notícia sobre a queda no número de assassinatos no Brasil. O índice nacional de homicídios, criado pelo G1 com base em dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal, apontou queda de 7% no número de assassinatos no Brasil em 2021, na comparação com o ano anterior.

Para compreender melhor a redução no número de mortes em 2021, a equipe da GloboNews entrevistou Samira Bueno, que é diretora do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Porém, um problema técnico impediu que o áudio da especialista ficasse disponível no programa.

Foi então que Carol Prado voltou a fornecer informações sobre o assunto, citando alguns destaques apontados por Samira.

– Bom, a gente não conseguiu ouvir a Samira. Eu vou dar sequência. Ela [Samira] destacou um ponto importante aqui, Maria [Beltrão]: que muito da redução desse número de mortes vem de mudanças dentro da própria criminalidade. Grupos de traficantes de drogas se expandiram, se tornaram mais profissionais e passaram a adotar uma estratégia de menos mortes e [de] chamar menos atenção. Isso acabou diminuindo o número de conflitos e, consequentemente, de mortes também. Essa redução não foi igual para o país inteiro. Seis estados tiveram aumento de mortes violentas, sendo que quatro deles estão na Região Norte, que foi a única no país que teve alta no número de assassinatos. E especialistas dizem que isso tem a ver com uma fragilidade das instituições de fiscalização aí nessa região.

A parte da explicação, que destaca que “grupos de traficantes de drogas se expandiram, se tonaram mais profissionais” foi alvo de críticas nas redes sociais.

Leia também1 Em protesto, servidores de segurança xingam a Globo: 'Lixo'
2 Após 10 anos na Globo, Otaviano Costa retorna para o SBT
3 Casimiro, novo fenômeno da web, diz "não" para a TV Globo
4 Globo é contestada ao vivo ao dizer que Exército não foi a Petrópolis. Vídeo!
5 Record contrata Lair Rennó, ex-Globo, para horário nobre

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.