Leia também:
X Gislaine e Mylena lançam feat com Anderson Freire

Netflix se pronuncia após polêmica com o filme Cuties

Usuários acusaram a plataforma de promover a sexualização infantil

Rafael Ramos - 11/09/2020 12h08 | atualizado em 11/09/2020 13h49

Cuties causou cancelamento virtual contra a Netflix Foto: Reprodução

Alvo de cancelamento virtual e acusada de sexualizar crianças de 11 anos no filme francês Cuties, a Netflix resolveu se pronunciar finalmente sobre o caso. Em entrevista à revista Variety, o portal-voz da empresa de streaming alegou que o projeto “é uma crítica social à sexualização de crianças”.

– É um filme premiado, com uma história poderosa sobre a pressão que jovens meninas sofrem das redes sociais e da sociedade em geral enquanto crescem – e encorajamos qualquer pessoa que se importa com este tema fundamental a assistir ao filme – declarou.

A diretora do longa, que entrou para o catálogo da Netflix nesta quinta-feira (10), Maïmouna Doucouré, explica que se inspirou em sua própria vida para escrever o roteiro. Doucouré nasceu no Senegal e foi para a França na infância como refugiada.

– Eu conversei com centenas de pré-adolescentes para entender como elas se relacionavam com sua feminilidade hoje em dia. Essas garotas veem que, quanto mais a mulher é sexualizada nas redes sociais, mais bem-sucedida ela é. E sim, isso é perigoso.

Cuties se tornou alvo de críticas antes mesmo do primeiro trailer ser lançado. O primeiro pôster não agradou o público por sexualizar as personagens do longa. A diretora, inclusive, revelou que foi ameaçada de morte nas redes sociais. Maïmouna Doucouré ganhou um prêmio de melhor direção no Festival de Sundance.

Leia também1 Web pede #CancelNetflix em protesto contra o filme Cuties
2 Petição contra filme que erotiza meninas chega a 100 mil assinaturas
3 Erotização infantil: Filme da Netflix leva chuva de deslikes
4 Web reclama de conteúdos e destaca: "Netflix, eu te odeio"
5 Netflix lança Cuties, filme que sexualiza meninas de 11 anos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.