Leia também:
X Luva diz que teve WhatsApp hackeado e acusa empresário

Leo Dias se manifesta e diz que quis adotar bebê de Klara

"Preciso me explicar a vocês e pedir perdão", destacou colunista

Pleno.News - 26/06/2022 20h37 | atualizado em 27/06/2022 09h20

Leo Dias Foto: Eduardo Martins / AgNews

Neste domingo (26), o colunista Leo Dias, do site Metrópoles, se manifestou a respeito do episódio envolvendo a atriz Klara Castanho, da TV Globo, que ficou grávida após sofrer um estupro e acabou dando o bebê para adoção.

O assunto ganhou destaque após a apresentadora Antônia Fontenelle revelar, durante uma live, que uma atriz global de 21 anos havia engravidado e entregue a criança para a adoção. Apesar de não revelar o nome, Fontenelle chegou a dizer que Leo Dias havia descoberto a história. De acordo com a apresentadora, Klara Castanho teria pedido ao colunista para não revelar a história.

Em sua coluna deste domingo, Dias disse que a postagem que fez, “relatando o nascimento da criança e a adoção, foi posterior à carta que Klara escreveu sobre tudo” o que a artista tinha sofrido. Ele também revelou que se ofereceu para adotar a criança.

– O relato de Klara foi tão impactante, aquela história era tão perturbadora, que, em um ato irrefletido, me ofereci para adotar a criança. E, desde aquele momento, esta história não saiu da minha cabeça. Confidenciei isso a duas pessoas próximas – escreveu.

– A postagem que fiz relatando o nascimento da criança e a adoção foi posterior à carta que Klara escreveu sobre tudo o que passara. Ela foi covardemente exposta. Tenho consciência disso. Errei ao publicar qualquer linha a este respeito. Mesmo que a revelação da história não tenha partido de mim, mesmo que Klara tenha escrito uma carta pública narrando a dor que sentiu com toda esta violência e que eu só tenha escrito sobre o assunto após a carta dela ser publicada. Mesmo que eu soubesse de tudo desde o início, eu não deveria ter escrito nenhuma linha sobre esta história ou ter feito qualquer comentário sobre algo que não tenho o direito de opinar. Apesar da minha proximidade com o fato, reconheço que não tenho noção da dor desta mulher. E, por isso, peço, sinceramente, perdão à Klara – declarou ainda o colunista.

Leia também1 Klara Castanho: Coren-SP apura suposto vazamento de dados
2 Pai de Klara Castanho se pronuncia sobre decisão da filha
3 Fontenelle se queixa de ataques por expor história de Klara Castanho
4 Klara Castanho revela que engravidou após estupro
5 Padre de SC exorta fieis que apoiam aborto: "Pecado mortal"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.