Leia também:
X Distúrbio de Willis o fez disparar arma em set por engano

Lacombe relembra atrito de opiniões com William Bonner

Jornalistas discordaram sobre forma de comunicadores se vestirem diante das câmeras

Pleno.News - 31/03/2022 17h02 | atualizado em 31/03/2022 17h24

Luiz Ernesto Lacombe Foto: Reprodução / Youtube / Brasil Paralelo

O jornalista Luís Ernesto Lacombe revelou ter vivido um episódio de atrito com William Bonner, na época em que trabalhava no Bom Dia Brasil como editor executivo de esporte. Em entrevista ao Brasil Paralelo, Lacombe contou que eles discordaram sobre a forma correta de um jornalista se vestir e portar diante das câmeras.

O comunicador explicou que, na ocasião, ele comentava com um colega editor de matérias internacionais, Murilo Moreno, sobre um dos apresentadores dos boletins de notícias do G1. Lacombe desaprovava a exposição de piercings e tatuagens do repórter durante as gravações.

– Eu virei para Murilo Moreno e falei: “Murilo, eu não ouvi nada do que ele falou ainda porque até agora eu estou olhando as tatuagens dele, estou lendo o que está escrito na camisa dele, e estou impressionado com esses piercings que ele tem. Está me dando uma agonia – desabafou.

Bonner, que passava por sua mesa no momento de seu comentário, resolveu dar seu parecer sobre o caso. Na ocasião, ele explicou ter participado do projeto de modernização da aparência dos apresentadores dos boletins “para mostrar que a Globo está também nas plataformas digitais e que ela tem esse público mais jovem, que lida com tecnologia, informação”.

Lacombe, por sua vez, ponderou que, para atingir tal objetivo, não seria necessário investir no excesso de acessórios.

– Eu falei “sim”, mas se você botasse esse menino com uma camisa social cobrindo as tatuagens dele, tirasse os piercings, eu estaria entendendo isso da mesma maneira. É um menino jovem em um cenário mais descolado, e eu não teria perdido meu tempo olhando os detalhes das tatuagens e dos piercings – opinou.

O jornalista finalizou dizendo que “a informação” deve estar acima da “vaidade”.

– A informação em primeiro lugar, a questão toda em televisão é essa. Como televisão mexe com vaidade, há jornalistas que se acham mais importantes do que a informação, do que os fatos, quando não somos – concluiu.

Leia também1 Globo tem prejuízo milionário devido a direitos esportivos
2 SBT pagará R$ 7,2 milhões a ex-diretor do Faustão por plágio
3 Distúrbio de Willis o fez disparar arma em set por engano
4 Will Smith foi convidado a se retirar do Oscar, mas recusou
5 Eleições: Sarah Poncio confirma que disputará pleito

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.