Leia também:
X Atriz Lisa Banes morre após ser atropelada em Nova Iorque

Lacombe irá processar veículos que ‘mentiram’ sobre seu canal

Conta do jornalista no YouTube foi invadida por hackers

Pierre Borges - 15/06/2021 12h48 | atualizado em 15/06/2021 16h23

Luiz Ernesto Lacombe
Luis Ernesto Lacombe se pronunciou nas redes sociais Foto: Reprodução

O jornalista Luis Ernesto Lacombe anunciou na última sexta-feira (11) que recuperou seu canal no YouTube, que havia sido hackeado e excluído devido à invasão.

Nas redes sociais, o jornalista publicou um vídeo explicando o que houve e afirmando que irá processar os veículos que divulgaram que o bloqueio do canal se deu em razão do conteúdo ali publicado.

– Em cerca de 30 horas, a minha equipe conseguiu recuperar o meu canal, mas a guerra continua. A equipe de advogados e especialistas em tecnologia da informação que montei está providenciando a abertura de um inquérito criminal para identificar a autoria do ataque. Muitas peças já foram encaixadas – disse Lacombe, que iniciou o vídeo dizendo ter descoberto que “incomoda pessoas ruins que se fingem de paladinos da democracia e da liberdade”.

Alguns veículos publicaram que o canal havia sido bloqueado após exibição de vídeos pornográficos, mas não citaram a invasão hacker.

– Vamos tomar as medidas cabíveis contra os veículos de comunicação e as pessoas que manipularam as informações sobre o bloqueio do meu canal – informou Lacombe.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Luís Ernesto Lacombe Heilborn (@luis.lacombe)

Atualmente, o jornalista apresenta o programa Opinião no Ar, da Rede TV!

Leia também1 Abraham Weintraub diz não se arrepender de ter criticado o STF
2 Atentado suicida deixa ao menos 15 soldados mortos na Somália
3 PF desarticula grupo que dava ordens de dentro de presídio
4 Fachin libera ação do PSDB para forçar Bolsonaro a usar máscara
5 Israel retira obrigação de uso de máscara em locais fechados

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.