Leia também:
X Crise conjugal entre Will Smith e Jada aumenta após o Oscar

Justiça nega ação contra Adrilles por suposto gesto nazista

Denúncia havia sido apresentada pelo MPF

Henrique Gimenes - 20/04/2022 16h36 | atualizado em 20/04/2022 17h26

Adrilles Jorge e o polêmico gesto Foto: Reprodução/Jovem Pan News

A Justiça de São Paulo rejeitou uma denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) contra Adrilles Jorge por supostamente fazer uma saudação nazista durante uma atração na Jovem Pan. O caso ocorreu em fevereiro, enquanto o comentarista participava do programa Opinião.

A decisão foi do juiz Marcio Falavigna Sauandag, que apontou que, na ocasião, Adrilles fez um discurso “amplamente desfavorável” ao nazismo e ainda comentou, “durante a fala de um colega de discussão, ele disse que ‘infelizmente’ ainda existem movimentos neonazistas”.

Na denúncia do MPF, assinada pela promotora de Justiça Maria Fernanda Balsalobre Pinto, o órgão afirmava que o “contexto em que foi feito o gesto, a absoluta identidade estética, o fato de o denunciado jamais ter usado tal maneira de se despedir nos cerca de 60 programas dos quais participou anteriormente são elementos que evidenciam a utilização da saudação nazista”.

No entanto, o magistrado ressaltou que o gesto, ainda que “abjeto e asqueroso, não pode ser pinçado e isolado do contexto que o antecedeu”. Ele disse também que Adrilles não teve dolo ao realizar o gesto e apontou que ele não cometeu “uma ação livre e consciente tendente a difundir a ideia de segregação ou superioridade entre seres iguais”.

Ainda cabe recurso.

Leia também1 Silveira: "Moraes é um marginal, reizinho e menininho frustrado"
2 Eduardo B. e Daniel Silveira são barrados de julgamento no STF
3 Confira como será o julgamento da ação contra Silveira no STF
4 Moraes multa defesa de Silveira por 'abuso do direito de recorrer'
5 Marco Aurélio defende Daniel Silveira e faz críticas a Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.