Leia também:
X Xuxa nega que tenha recusado foto com apoiadora de Bolsonaro

Johnny Depp vai aos tribunais e chega aos trends do Twitter

Ator e ex-esposa vivem batalha judicial após ela acusá-lo de violência doméstica

Thamirys Andrade - 20/04/2022 13h13 | atualizado em 20/04/2022 14h37

Johnny Depp durante julgamento de processo contra sua ex-mulher, Amber Heard Foto: EFE/EPA/EVELYN HOCKSTEIN

O ator Johnny Depp e sua ex-mulher, Amber Heard, se enfrentam em uma batalha judicial milionária por difamação. O astro, que depôs nesta terça-feira (19) em tribunal da Virgínia, nos Estados Unidos, afirma que a modelo destruiu sua carreira com base em falsas acusações envolvendo violência doméstica. Amber, por outro lado, reafirma sua versão de que Depp a agredia durante o casamento. O assunto rendeu nas redes sociais e chegou aos trending topics do Twitter, com muitas postagens de fãs defendendo a estrela de Piratas do Caribe.

O escândalo, que custou a Depp seu papel na franquia Animais Fantásticos, teve início quando a atriz publicou um artigo no jornal Washington Post sobre o assunto, em 2018. No texto, Heard denunciava a violência que teria sofrido, mas não chegou a mencionar explicitamente o nome do ator. Contudo, o advogado do astro, Benjamin Chew, afirmou aos jurados que ficou claro que ela se referia a Depp.

No mesmo ano, Johnny entrou com um processo por difamação, pedindo uma indenização de 50 milhões de dólares (R$ 231 milhões). Amber, por sua vez, moveu uma ação pelo mesmo motivo, solicitando 100 milhões de dólares (R$ 466 milhões).

No depoimento desta terça, Depp negou as agressões e relatou ter decidido ir aos tribunais por causa de seus filhos, que passaram a ser questionados sobre as acusações.

– Nunca cheguei ao ponto de bater na sra. Heard de forma alguma, nem nunca bati em qualquer mulher na minha vida. Senti que era minha responsabilidade defender não apenas a mim mesmo, mas também defender meus filhos – afirmou o ator, segundo informações da agência Reuters.

Na Corte, o artista também alegou que os atritos entre o casal se iniciaram após um ano e meio, quando, segundo ele, Amber teria “se transformado”.

– Eu não merecia isso, nem meus filhos, nem as pessoas que acreditaram em mim por todos esses anos – assinalou.

Amber Heard durante o julgamento Foto: EFE/EPA/Steve Helber

Os advogados de Heard, por outro lado, defendem que a atriz disse a verdade e que suas falas no artigo estão protegidas pelo direito à liberdade de expressão. Amber alega que seu ex-marido virava um “monstro” após beber e consumir drogas, e acabava violentando-a verbal física e sexualmente.

TESTEMUNHAS
O julgamento deve durar durar seis semanas e reunir testemunhas como James Franco, Paul Bettany e até mesmo o bilionário Elon Musk. Segundo o site TMZ, Depp ainda deve fazer mais revelações sobre os motivos que levaram ao término do casamento, e voltar a acusar a ex-esposa de defecar em seu lado da cama.

O relato foi levantado pela primeira vez em outro processo, quando o ator chegou a expor fotos do ocorrido. Na época, Amber disse que as fezes eram de cachorros do casal.

No processo anterior, Johnny Depp perdeu contra o tabloide britânico The Sun, após mover ação contra o jornal por classificá-lo como “espancador de esposas”. Na manchete publicada em 2018, o periódico protestava contra a permanência do ator na franquia Animais Fantásticos, spin-off de Harry Potter, diante das acusações. Posteriormente, Depp perdeu o papel e foi substituído.

À época, o juiz Andrew Nicol, da Alta Corte de Londres, deu causa ganha ao The Sun, pois considerou que o conteúdo do tabloide era “substancialmente verdadeiro” por trazer 14 relatos de episódios de abusos de Amber.

Leia também1 Netflix perde assinantes pela primeira vez em 10 anos
2 Repórter da Globo esfaqueado em Brasília deixa a UTI
3 Pastor Márcio Poncio e Simone reatam: “Mais uma chance”
4 Marido de Amanda Wanessa fala da saúde da cantora e do single
5 Miriam Leitão reage a falas de Hamilton Mourão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.