Leia também:
X André Valadão faz piada com picanha trans: “Tá desse jeito”

Guimê e Sapato são expulsos do BBB após acusações de assédio

Participantes do reality show foram acusados de assediar participante mexicana

Pleno.News - 17/03/2023 08h08 | atualizado em 17/03/2023 12h29

Guimê e Antônio Cara de Sapato foram expulsos do BBB Foto: Reprodução/TV Globo

O lutador de MMA Antônio Cara de Sapato e o cantor MC Guimê foram expulsos do programa BBB 23, da TV Globo, na noite desta quinta-feira (16) após acusações de assédio à mexicana Dania Mendez, que entrou na casa para um período de intercâmbio nesta semana. O anúncio foi feito ao vivo pelo apresentador Tadeu Schmidt.

Na edição desta quinta, o programa exibiu a cena na qual MC Guimê passa a mão nas costas e no bumbum da mexicana, que repele o gesto. Depois, as imagens mostram o lutador Cara de Sapato beijando a participante, que não retribui e dá leves tapas nas costelas dele. Dania disse à produção que não se sentiu incomodada pela situação e que encarou o beijo do atleta como “normal”.

Apesar disso, Tadeu Schmidt afirmou que Guimê e Sapato “passaram do ponto” e contrariaram as regras do programa e por isso estavam eliminados. O apresentador comunicou a decisão aos participantes.

– Mas, a partir de tudo que vimos e ouvimos, nós não gostamos do que vimos ontem, Sapato e Guimê passaram do ponto. É preciso tomar cuidado com os limites, aqui e fora daqui. Assim, por contrariar as regras do programa, Guimê e Sapato estão eliminados do BBB – informou o apresentador.

O MOTIVO DA EXPULSÃO
Na quarta-feira (15), Guimê, o líder da semana, ganhou uma festa dedicada a ele no BBB 23. O momento foi marcado por declarações e reconciliação, mas algumas atitudes do cantor e de Cara de Sapato que envolveram Dania Mendez, participante do La Casa de Los Famosos que está passando uma temporada no programa, foram condenadas nas redes sociais.

Na manhã desta quinta, os nomes dos participantes, de Lexa, mulher do MC, e a palavra “assédio” estiveram entre os assuntos mais comentados do Twitter. Na casa, Bruna Griphao alertou Guimê e alguns usuários nas redes passaram a pedir pela expulsão dos participantes.

POLÍCIA ABRE INQUÉRITO
Diante do caso, a Polícia Civil do Rio de Janeiro abriu um inquérito na tarde desta quinta para investigar a possível prática de importunação sexual dentro da casa. A decisão da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá foi motivada pelas imagens do programa.

*Com informações AE

Leia também1 Lewandowski libera indicação de políticos para empresas estatais
2 Protesto contra reforma da previdência termina com 120 detidos em Paris
3 André Valadão faz piada com picanha trans: "Tá desse jeito"
4 Novo presidente do STM já foi piloto de Lula e Dilma Rousseff
5 Com 175 assinaturas, PEC que restringe indulto natalino é protocolada na Câmara

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.