Leia também:
X Andy Taylor, da banda Duran Duran, revela câncer “incurável”

Guilherme de Pádua é velado em igreja onde ele era pastor

Ex-ator morreu de infarto aos 53 anos em seu apartamento

Pleno.News - 07/11/2022 13h48 | atualizado em 07/11/2022 14h39

Guilherme de Pádua Foto: Reprodução / Youtube

O corpo do ex-ator Guilherme de Pádua, condenado pela morte da atriz Daniella Perez, foi velado na Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte, na manhã desta segunda-feira (7). O sepultamento ocorre às 14h30, no cemitério Parque da Colina.

Ele morreu de infarto aos 53 anos, na noite deste domingo (6), em seu apartamento, em Belo Horizonte. A informação foi divulgada por Márcio Valadão, fundador da Igreja Batista da Lagoinha, onde Pádua também atuava como pastor.

Em 1992, Pádua matou brutalmente a atriz Daniella Perez, com a ajuda de sua então esposa Paula Thomaz. O ex-ator e sua ex-mulher foram condenados a 19 anos de prisão, tendo cumprido sete em regime fechado.

Em vídeo divulgado ainda na noite de domingo, Márcio Valadão disse que Guilherme e sua atual esposa, a maquiadora Juliana Lacerda, participaram de um culto na igreja na manhã de ontem.

– Agora, agora, agora, pouquinho antes das 22h, há poucos minutinhos, recebi o telefonema de uma irmã, falando de um dos nossos pastores que acabou de falecer. (…) Hoje, às 10h da manhã, eu estava dirigindo o culto e ele estava ali no primeiro banco, ele e a esposa – disse o pastor, no vídeo.

Em uma nota compartilhada pelo pastor, a Igreja Batista da Lagoinha lamentou a morte.

– Com 53 anos recém-completados no último dia 2 de novembro, Guilherme compunha o time pastoral da Lagoinha desde sua ordenação, em 2017, liderando o ministério Recomeço, que atua dentro e fora dos presídios da capital mineira e região metropolitana. Antes disso, já havia sido acolhido como ovelha e servia como voluntário nas mais diversas áreas, sempre lidando com os desprezados e marginalizados – informou a instituição.

Depois de se tornar pastor, Guilherme de Pádua passou a ser ativo nas redes sociais. No Instagram, seu perfil tem 94,6 mil seguidores. O último post foi feito há sete dias, com uma frase atribuída a C.S Lewis: “Faça o que é certo, e, depois de ter feito, deixe o resto nas mãos de Deus (C.S. Lewis)”.

O post recebeu críticas de internautas no próprio perfil: “Vc falando em fazer o certo? Peraí”, disse um deles. Nos comentários desse post alguns internautas se perguntavam nesta segunda-feira: “Ele morreu mesmo?”; “Gente, ele faleceu?”; enquanto outros deixaram mensagens: “Descanse em paz! E que Deus conforte o coração dos seus familiares (…) Se este rapaz se arrependeu dos seus pecados, e foi perdoado por Deus, nos encontraremos nos céus! Deus abençoe a todos”. Outro internauta disse: “Foi tarde.. o HELL vos espera”.

*AE

Leia também1 Lula e Lira se reúnem terça para articular transição de governo
2 Lista com os 26 convocados para a Copa do Mundo é anunciada
3 Andy Taylor, da banda Duran Duran, revela câncer "incurável"
4 Gazolla sobre morte de Pádua: "Até o bispo deu a notícia rindo"
5 União Brasil rescinde contrato com Cintra após fala sobre urnas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.