Leia também:
X Felipe Cunha fala da novela Jesus e do papel em Topíssima

Gloria Perez homenageia filha nos 26 anos de sua morte

Autora também cobrou justiça pelo assassinato de Daniella Perez

Gabriela Doria - 28/12/2018 16h23 | atualizado em 28/12/2018 16h24

Daniella Perez foi morta há 26 anos Foto: Reprodução Instagram

A autora de novelas Gloria Perez publicou uma homenagem emocionante para sua filha Daniella Perez. Nesta sexta-feira (28), completa-se 26 anos da assassinato da atriz, que foi morta pelo então colega de elenco Guilherme de Pádua e sua mulher na época, Paula Nogueira Thomaz.

– Quanto mais o tempo passa, mais dói esse dia! Fica a impunidade dos assassinos. Fica a primeira emenda popular da História do Brasil, a lei que introduziu o homicídio qualificado entre os crimes hediondos, através da campanha que, passando de mão em mão, reuniu em 3 meses apenas, numa época sem internet e sem apoio de nenhum grande órgão da imprensa, o número de assinaturas exigidas pela constituição para fazer passar uma lei proposta pelo povo – escreveu Gloria.

Ela também relembrou dos ataques ao projeto de lei na época de sua aprovação.

– A aprovação pelo senado correu riscos, com senadores bem conhecidos se esgueirando para evitar que desse quorum. Interveio o presidente da casa, Humberto Lucena, que diante da ameaça, lançou mão do recurso de urgência urgentíssima e fez passar o projeto – declarou a escritora.

CRIME
Daniella Perez, que tinha 22 anos, foi morta no dia 28 de dezembro por seu colega de elenco, Guilherme de Pádua, e sua companheira, Paula Thomaz. Na época, Guilherme confessou ter desferido os 18 golpes de faca que mataram a atriz, mas depois passou a responsabilizar Paula pelo crime. Guilherme e Daniella viviam o par romântico Bira e Yasmin, na novela De Corpo e Alma, escrita por Glória.

Em 1997 teve início o julgamento dos acusados e Guilherme foi sentenciado a 19 anos de prisão. Paula pegou 18 anos e seis meses de reclusão. Os dois foram beneficiados com a liberdade condicional em 1999 por bom comportamento. Atualmente, Guilherme se tornou pastor evangélico e está casado. Paula Thomaz vive no Rio de Janeiro, em Copacabana, e mudou seu nome para Paula Nogueira Peixoto.

Leia também1 Kaysar comemora papel em novela: "No controle de Deus"
2 Atropelador do filho de Cissa Guimarães deve ser preso

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.