Leia também:
X Mara Maravilha e Xuxa vão ficar frente a frente em gravação

Globo é processada por mais de 17 mil ex-funcionários, diz site

Aa ações mais frequentes são para comprovação de vínculo empregatício por parte de quem era contratado como PJ

Monique Mello - 07/12/2021 17h29 | atualizado em 07/12/2021 20h11

Nova logomarca da Globo Foto: Reprodução/TV Globo

A Globo é alvo de mais de 17 mil processos da Justiça do Trabalho e da esfera cível, sendo a grande maioria deles movido por ex-funcionários de diversas áreas da emissora.

De acordo com informações do Notícias na TV, a “explosão” se deu após a unificação do Grupo Globo, em 2017. Desde então, foram mais de quatro mil novas ações protocoladas por ex-funcionários. O grande volume de petições pode gerar um problema judicial para a Globo nos próximos dois anos, quando os casos serão julgados.

O pedido mais frequente nas ações é de comprovação de vínculo empregatício para contratados como Pessoa Jurídica (PJ). No modelo, a prestação de serviço estabelecida é entre uma empresa e uma pessoa com CNPJ, que também é uma empresa. Na prática, a relação comercial é realizada entre dois negócios, mesmo que o prestador seja uma única pessoa.

– A quantidade de processos impressiona até mesmo uma empresa do tamanho da Globo. A depender do número de condenações, a empresa precisa se preparar e equalizar gastos para cumprir os seus compromissos – disse o advogado trabalhista Juliano Santana.

O valor dos pedidos e de condenações que a Globo já sofreu variam de R$ 30 mil a R$ 2,9 milhões. A emissora carioca tem uma dor de cabeça bilionária pela frente.

Em nota enviada ao Notícias da TV, a Globo disse que os números apresentados “nem de longe correspondem à realidade”. Segundo a emissora, a Globo tem ações judiciais em curso, “assim como qualquer grande empresa”, e o volume de ações é compatível com o tamanho da empresa.

O Notícias da TV ressaltou que o levantamento incluiu casos de todas as empresas do Grupo Globo, e não somente a rede de TV aberta. Jornais, revistas, rádios, empresas de investimentos e outras fazem parte do conglomerado.

Leia também1 Globo encerra atividades na TV da Europa após 22 anos
2 Demissões de veteranos causam pânico em jornalistas da Globo
3 Mara Maravilha e Xuxa vão ficar frente a frente em gravação
4 Whindersson pode ter programa na Globo, diz colunista
5 Galvão Bueno diz que irá mudar um de seus principais bordões

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.