CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Fernanda Paes Leme se cura da Covid-19 e recebe alta

Gabriela Prioli pede para sair da CNN Brasil após conflito

Ela se mostrou injustiçada durante debates no ar

Camille Dornelles - 29/03/2020 21h57 | atualizado em 30/03/2020 09h20

Gabriela Prioli deixa CNN Brasil Foto: Reprodução

A advogada Gabriela Prioli decidiu sair do quadro O Grande Debate, da programação da CNN Brasil. A emissora confirmou a decisão dela neste domingo (29).

Na sexta-feira, ela deu a entender que iria sair da emissora após ser confrontada e interrompida por Reinaldo Gottino durante o programa O Grande Debate. A comentarista fazia o contraponto com Caio Coppola e seu substituo, Tomé Abduch, em posicionamentos contra a direita.

Durante a atração, Gottino atua como mediador do debate entre dois comentaristas com visões antagônicas. Ela ficou conhecida por seu discurso contra o governo e ganhou o favoritismo de defensores da esquerda.

Em um texto publicado no Instagram, na manhã deste domingo (29), Gabriela Prioli disse que “não é fácil ser firme no início de um projeto profissional, mas é impossível não me comportar segundo aquilo que eu defendo”. A advogada ainda declarou que não pode legitimar que o achismo contribua “para acirrar a polarização”.

– Não consigo atingir o meu objetivo se for constrangida e não posso seguir participando do debate sem que a convicção sobre a gravidade do constrangimento não seja só minha, mas de todos os envolvidos, na frente e atrás das câmeras. Seguirei, por enquanto, dividindo com vocês as minhas análises nas minhas redes e pensando em outras formas para podermos interagir e evoluir com qualidade – declarou.

Através das redes sociais, Gottino se desculpou com a advogada e reconheceu que se excedeu ao interrompê-la. O pedido de desculpas se estendeu à emissora e ao público.

– Peço publicamente desculpas à Gabriela Prioli por ter sido incisivo no meu questionamento na última sexta. Me exaltei e a interrompi. Errei. Admiro a Gabriela, tínhamos uma ótima relação e fico muito triste porque eu não imaginava esse desdobramento. Conversamos na sexta depois do programa, falamos até do que deveria mudar para termos um programa melhor. Tenho mais de 20 anos de jornalismo e quem me conhece sabe da minha índole, do meu caráter e dos meus posicionamentos sobre opinião, pluralidade e respeito ao lugar de voz das mulheres. Errei, reconheço meu erro, peço perdão e lamento muito – disse o jornalista.

Leia também1 TV: Confira a programação de estreia da CNN Brasil
2 CNN Brasil corta médico que falava mal de isolamento
3 Coronavírus faz CNN Brasil afastar William Waack

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo