Leia também:
X Globo apaga vídeo após chuva de críticas: “Simplesmente ridículo”

Em evento, Tabet critica dono da Band e ‘ataca’ governo Bolsonaro

Integrante do Porta dos Fundos disse que, se o Brasil sobreviver a esse governo, "nem uma bomba atômica destrói a gente"

Henrique Gimenes - 09/12/2021 18h06 | atualizado em 09/12/2021 18h38

Antonio Tabet, do Porta dos Fundos Foto: Graça Paes / AgNews

Na terça-feira (9), Antonio Tabet, do grupo Porta dos Fundos, aproveitou a entrega do Prêmio Inspira Rio para criticar o presidente Jair Bolsonaro e, ao mesmo tempo, rebater o dono da Band, Johnny Saad. Tabet afirmou que, se o Brasil sobreviver “a esse governo”, nem uma “bomba atômica destrói a gente”.

O episódio teve início durante a abertura do evento, quando Saad fez um discurso. Na ocasião, o dono da Band afirmou que a imprensa é pessimista, chamou as notícias sobre o desmatamento na Amazônia de “fake news” e disse que o Brasil enfrentou “muito bem” a pandemia de Covid-19.

Depois, o Porta dos Fundos recebeu uma das premiações, Tabet subiu ao palco e começou o discurso.

– Para terminar: Johnny, você tem razão em uma das coisas que você disse. A gente precisa realmente de mais otimismo. E o otimismo, de fato, virá, porque, se nós sobrevivermos a esse governo que está aí, nem uma bomba atômica destrói a gente – afirmou o integrante do Porta dos Fundos.

Ele ainda ironizou o fato de o Porta dos Fundos não ser “para toda família”.

– Viva o Rio de Janeiro e viva o Porta dos Fundos que, de fato, não é para toda família. Essa instituição “toda família [brasileira]” não é o Porta dos Fundos. O Porta dos Fundos é para todas as famílias. Porque pretos têm famílias e fazem famílias; gays, mulheres lésbicas e trans também têm e fazem famílias. O Porta dos Fundos é para todas essas famílias – destacou.

Leia também1 'É direito meu e de qualquer um', diz Bolsonaro ao recusar vacina
2 Bolsonaro: “Se eu não estou seguro, imagina a minha filha”
3 Bolsonaro ironiza radares: 'Policial escondido em árvore'
4 Posse de Mendonça no STF exigirá comprovante de vacina
5 'Mendonça não levará valores evangélicos extremos nas decisões', diz Fux

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.