Leia também:
X Kozlowski pede perdão por comentário sobre fala de Piquet

Carla Diaz relembra diagnóstico de câncer de tireoide

"Durante o mês contarei com mais detalhes como foi a minha experiência para assim alertar vocês", disse a atriz

Pleno.News - 03/07/2022 21h33 | atualizado em 04/07/2022 12h27

Carla Diaz Foto: AgNews

Carla Diaz usou as redes sociais, neste sábado (2), para falar sobre o diagnóstico de câncer de tireoide que recebeu em 2020. A atriz tem feito postagens sobre a doença, defendendo a importância do diagnóstico precoce.

Na última sexta-feira (1º), Diaz já tinha avisado que passará o mês de julho fazendo postagens sobre a doença, a fim de conscientizar os fãs sobre o chamado Julho Verde, mês de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço.

– Julho chegou e com ele trago para vocês a atenção ao Julho Verde (Mês de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço). Durante o mês contarei com mais detalhes como foi a minha experiência para assim alertar vocês do quanto é importante se cuidar e fazer exames de rotina. Diagnóstico precoce salva vidas – escreveu.

Já na segunda postagem, feita no sábado, Carla relembrou a descoberta da doença e os momentos de dificuldade.

– Há exatamente dois anos atrás eu descobria um câncer. Num período de pandemia, onde todos estavam preocupados e confinados dentro de suas casas. Podem imaginar o quão difícil foi, né? Do nada me tornei grupo de risco, tive que ter forças para não só para passar por um câncer e pelo peso que essa doença já acompanha, mas também para me cuidar e fazer o tratamento com eficácia.

Ela revelou como descobriu o câncer.

– Graças a um refluxo, procurei um médico e obtive o diagnóstico precoce. Era uma sensação horrível, após o jantar parecia que tinha alguém me enforcando e eu não sabia explicar de fato o que estava sentindo. Com a persistência dessa sensação, começamos a investigar. Marquei exames com a minha ginecologista e jamais imaginava que o que viria pela frente eram infinitas consultas e dias de aflição. Era horrível não saber o que o me aguardava, a incerteza, o medo, a agonia, e a preocupação… Eu me perguntava: “Será que vou morrer tão nova?”. Afinal, quem espera um câncer aos 29 anos? Depois de tantas incertezas e biópsias, recebemos o tão indesejado “sim”. Sim, era câncer de tireoide. Tendo o diagnóstico, começamos a luta contra a doença. E de novo, diversas consultas e correria até o dia da cirurgia.

A artista também falou sobre a alegria da cura.

– Agradeço todos os dias por ter passado por médicos incríveis, que foram anjos na minha vida. A lembrança mais forte do dia da cirurgia, foi o despertar. No qual, só soube olhar para minha mãe e perguntar se eu estava viva. Sim, viva e curada!!! E com isso, disposta a sempre que possível, alertar: o câncer de tireoide atinge 3% mais as mulheres do que os homens, na faixa entre os 20 e os 65 anos. Em todo esse processo que contei para vocês, fiz muitas pesquisas por medo, e jamais irei deixar de passar essas informações à frente. Como eu sempre digo e continuarei dizendo: diagnóstico precoce e conscientização, salvam vidas! Julho é o mês de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço. E eu não poderia deixar de fazer minha parte dando voz à campanha. Se cuidem.

Leia também1 Carla Diaz sobre BBB: "Julgada pelas atitudes dos outros"
2 Carla Diaz nega que tenha sido agredida por Felipe Becari
3 Carla Diaz assume romance com vereador e policial Felipe Becari
4 Atriz descobre nódulo na tireoide: "Sei que vai passar"
5 Carla Diaz perdeu 5kg para interpretar Suzane Richthofen

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.