Leia também:
X No Rio, ator Milton Gonçalves é internado para fazer exames

Ator Bruno Gissoni é dispensado da TV Globo após dez anos

Galã foi mais um dos artistas que entraram para a longa lista de demitidos

Gabriela Doria - 14/10/2020 21h06 | atualizado em 14/10/2020 22h21

Bruno Gissoni é mais um dos atores dispensados pela Globo Foto: Divulgação/TV Globo

O ator Bruno Gissoni, de 33 anos, é mais um da longa lista de artistas demitidos da TV Globo. Após dez anos na emissora, onde estreou em Malhação, em 2010, o galã afirmou em entrevista que deve trabalhar na Globo “por obra, se rolar alguma coisa”.

– Meu contrato acaba agora em novembro depois de dez anos. Mas isso é muito por uma modificação do mercado. Eu tinha um contrato fixo por dez anos. [Agora] A gente fica livre para escolher outras coisas – disse ao canal Rap 77, na terça-feira (13).

Gissoni está no ar novamente na reprise de Flor do Caribe (2013), mas também fez sucesso em Avenida Brasil (2012), Em Família (2014), Babilônia (2015) e Orgulho e Paixão (2018). Seu último trabalho na emissora foi em A Dona do Pedaço (2019).

Na entrevista com o youtuber Júnior Coimbra, Gissoni avaliou o atual momento da classe artística.

– Para a gente está um momento nebuloso. Eu não estou falando isso num lugar negativo. O mercado está mudando, está sendo modificado. Tem a Netflix, o Amazon Prime Video e canais fechados que estão crescendo – analisou.

Mesmo saindo da maior emissora de canal aberto do Brasil, o ator vê a mudança de forma otimista.

– É legal você ter outras opções, outros caminhos para serem explorados. Isso pode ser interessante – declarou.

Leia também1 Xuxa mostra capa de livro infantil com temática LGBT
2 No Rio, ator Milton Gonçalves é internado para fazer exames
3 "Não há sagrado para o humor", declara Fábio Porchat
4 Rede Globo pode perder contrato exclusivo com a Disney em 2021
5 Volta de Angélica faz audiência da TV Globo despencar 17%

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.